Últimas Notícias
recent

Netflix: Onde está Segunda? - Crítica Sem Spoiler

Olá, Ola Nerd!

Gostam de filmes futuristas, com ambientação Cyberpunk, futuros distópicos? Esses são os elementos de "Onde está Segunda?". Dirigido por Tommy Wirkola, conta com Noomi Rapace (a Elizabeth Shaw de Prometheus) como a protagonista Karen Settman, além de excelente interpretação de Willem Dafoe e Glenn Close.



Sinopse:

Em um futuro próximo os alimentos estão escassos. A saída é investir em alimentos geneticamente modificados, entretanto isso trás efeitos colaterais: O aumento exponencial da geração de gêmeos. Em 2073 a humanidade passa a viver uma crise de superpopulação, com isso é instaurada uma lei para controle de natalidade, onde cada casal pode ter apenas 1 filho. Os gêmeos são levados para uma célula "criogênica". Apesar da lei e da gigantesca fiscalização, Terrence Settman consegue salvar e criar suas 7 netas gêmeas, dando a elas o nome de cada um dos dias da semana...

O filme entrega parte do roteiro logo no seu título, fica muito fácil entender que trata-se de uma pessoa que se chama "Segunda" e que provavelmente haja mais 6 pessoas com os demais dias da semana logo ao olhar para o poster e ler o título. Isso pode desmotivar um pouco a pessoa que se depara com sugestão em seu perfil da Netflix. Mas se ela resolver dar uma chance para o filme vai se surpreender com uma obra bem produzida, uma história interessante e atores muito bons!



Ao invés de falar dos personagens, desta vez vou falar dos atores:

A atriz sueca Noomi Rapace superou a fraca Elizabeth Shaw neste filme. Interpretando 8 personagens diferentes! Isso mesmo, ela interpreta a fase adulta das 7 irmãs, além de seu alter ego Karen Settman.

Glenn Close esta muito bem no papel da política Nicolette Cayman, uma mulher com motivações díspares que realmente acredita no que prega

Willen Dafoe vive Terrence Settman, um homem que precisa tomar uma atitude diante da morte da filha e do nascimento de suas 7 netas. Ele consegue passar, brilhantemente, o medo e a tensão que vive por conta da nova lei instaurada, mesmo que o roteiro não lhe seja muito favorável.

O filme tem vários elementos que muitos nerds gostam, altíssima tecnologia, natural de um ambiente cyberpunk, muita ação e uma boa história


Infelizmente o tempo destinado a um filme não permite que ele seja tão bem desenvolvido, a impressão é que os personagens são muito rasos, mas é por causa da excasses de tempo. Não dá pra dar profundidade a 8 pessoas distintas. A história de Karen Settman poderia ser muito melhor abordada se fosse uma série de 5 temporadas. Aí faço um apelo à Netflix: Transforme esse filme em uma série POR FAVOR!!!!

Outro problema do filme é que ele abusa um pouco da suspensão da descrença, pois já a fizemos em uma ambientação Cyberpunk de 2073, agora colocar uma gestação de sétuplos univitelinos já abusa um pouco. Mas, se superar esse fato, é um bom filme para assistir com a família

Recomendamos? Siiiiim, recomendadíssimo.


Raphael

Raphael

Sou marido, pai, filho, pensador, psicologo (não por formação, mas por maioria de votos), NERD (e tenho orgulho disso), curto animes, mangás, HQs, séries, filmes, livros, vídeo-games, enfim, Nerd com "N" maiúsculo, curto heavy metal, power metal, metal progressivo. Sou cristão protestante e fé é questão de foro íntimo, respeite isso. Meus blogs são: vossavateologia.blogspot.com.br www.debatenerd.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.