Últimas Notícias
recent

Brasil Game Show 2017 (BGS #10) - O Evento! (considerações finais) - YouTube

Olá, Olá Nerds!

Finalizando a série BGS #10, vamos falar um pouco mais sobre o evento em si. Organização, concurso de cosplay, lançamentos de jogos e campeonatos, pessoas interessantes, pontos positivos e negativos. Ficou curioso sobre como foi esse mega evento? Continue conosco!



A BGS #10 rolou entre os dias 11 e 15/10/2017 e a edição deste ano veio para entrar para a história! Organização impecável, estandes bonitos, bem alocados, distribuídos de modo com que permitam corredores bem largos mantendo fluidez no caminhar mesmo em situações de grandes aglomerações como podem perceber pelo mapa do evento.


O evento ocorreu no Expo Center Norte, localizado na Vila Guilherme, Zona Norte de São Paulo - SP. O local é famoso por receber eventos de grandes proporções. Com uma infraestrutura excepcional, banheiros amplos e com manutenções constantes, a organização da BGS acertou em cheio na escolha do local, pois além dessas características, o Expo Center Norte está localizado próximo ao Shopping Center Norte, e ao Lar Center, dando bastante opção para estacionamento e alimentação, além da proximidade com o Carrefour, pois caso bata aquela fome e a grana esteja curta, da pra comprar pão e frios e fazer aquele pique nique!



E quanto ao evento?

Um verdadeiro espetáculo!
Os estandes estavam lindos e funcionais, vários deles foram projetados para proporcionar uma verdadeira imersão no mundo dos jogos. Diversos consoles e jogos à disposição do público (com certa paciência dava pra jogar bastante)





Os principais lançamentos em jogos estavam lá, destaco os lindíssimos Dragon Ball Fighter Z, Assassin's Creed Origins e Marvel vs Capcom Infinity (Os X-Men não fazem falta, durmam com isso). Os amantes de futebol puderam se deleitar com PES 18 e Fifa 18 (alias, senti falta de mais jogos esportivos). Jogos estratégicos? também não faltaram, Clash Royale, League of Legend etc, inclusive com campeonatos!






As presenças ilustres de Hideo Kojima (Criador da franquia Metal Gear), Ed Boon (Um dos criadores da série Mortal Kombat), entre outros, serviram para abrilhantar ainda mais o evento. Os fãs puderam tirar fotos, autografar itens e, para os poliglotas, até trocar uma palavrinha rápida com dois dos maiores gênios do desenvolvimento de jogos. Hideo Kojima recebeu, ainda, uma homenagem mais do que merecida, colocando seu nome na Parede da Fama!


Os Cosplayers deram um show a parte, em competições, estandes ou circulando pelo evento mostraram talento, carisma e bastante sensualidade arrasando com personificações bastante realistas. Foram tantos cosplays fantásticos que fica bem complicado de eleger qual o melhor. (O album com todos os cosplays que fotografamos estará disponível em nossa página no Facebook)




 

Uma gratíssima surpresa foi em relação a jogos indie, pequenos produtores brasileiros que fazem jogos de primeiríssima qualidade. Destacamos 3 jogos: Avalom, do Walter, que fez TUDO sozinho e com uma qualidade impressionante! O jogo Zaaljinn: Wrath of Elementals da Aiyra (que, entre outros, fez o jogo dos Cavaleiros do Zodíaco: A lenda do santuário, para smartphone) e do jogo Black Iris, que já havia sido mostrado na BGS 2016, mas voltou reformulado.





Além de tudo isso, pudemos lançar nosso canal no Youtube! Falamos sobre o evento,  sobre jogos indie, e finalizamos com um programa especial com participações especiais de Felipe Raphael do Jornal Joseense que literalmente roubou a cena e apresentou o programa, Isabella Cacélia do site Games Brasil e da Júlia, a The Jewels, com Cosplay da Commander do jogo NieR: Automata (Square Enix)!

O Felipe contou uma história divertidíssima de algo que aconteceu com ele jogando Resident Evil 7, não deixem de assistir!


E não teve nenhum ponto negativo?
Sim teve! Nem tudo é perfeito certo?

A comida estava muito cara (para variar) Chesse Salada a R$ 20,00 não é o melhor preço do mundo. O Bobs era alternativa, ainda assim, o preço praticado estava acima do habitual para o restaurante e os lanches não estavam muito bonitos. A saída era comer fora do evento.

Brindes, a quantidade de brindes era baixa e o acesso a eles era muito complicado. Eu mesmo, só ganhei 2 botons e um "não perturbe" de Dragon Ball Fighter Z. Ja fui a diversos eventos e sempre saio de sacola cheia, dessa vez... deixou à desejar..

Sentimos falta (novamente) da Big N. A Nintendo não veio outra vez, lamentamos que uma das maiores empresas da história dos vídeo-games tenha esse tipo de postura (que a meu ver é arrogante)

Gostaria de ver mais desenvolvedores. Lá estava a Actvision, Ubisoft e CD Projekt, mas onde estavam Eletronic Arts (que teve diversos lançamentos esse ano), Square Enix, Namco e etc?

Mesmo com esses pontos negativos, o evento foi fantástico, bem organizado, estandes belíssimos, grande quantidade consoles e jogos. Não vejo a hora de chegar o ano que vem para mais uma edição da BGS!

E aí, estiveram no evento? o que acharam? Não estiveram? Bem, se preparem para 2018!

Outras postagens sobre a BGS:

Primeiras Impressões
http://www.debatenerd.com.br/2017/10/bgs-10-primeiras-impressoes.html

Review de Dragon Ball Fighter Z
http://www.debatenerd.com.br/2017/10/brasil-game-show-2017-bgs-10-dragon.html

Review de Assassins Creed: Origins
http://www.debatenerd.com.br/2017/10/brasil-game-show-2017-bgs-10-assassins.html

Review de Monster Hunter: World
http://www.debatenerd.com.br/2017/10/brasil-game-show-2017-bgs-10-monster.html

Jogos independentes surpreendem no evento
http://www.debatenerd.com.br/2017/10/brasil-game-show-2017-bgs-10-jogos.html

O Computador gamer mais veloz da atualidade
http://www.debatenerd.com.br/2017/10/brasil-game-show-2017-bgs-10-conheca-o.html

Jogo indie Avalom
http://www.debatenerd.com.br/2017/10/conheca-o-jogo-indie-avalom.html




Raphael

Raphael

Sou marido, pai, filho, pensador, psicologo (não por formação, mas por maioria de votos), NERD (e tenho orgulho disso), curto animes, mangás, HQs, séries, filmes, livros, vídeo-games, enfim, Nerd com "N" maiúsculo, curto heavy metal, power metal, metal progressivo. Sou cristão protestante e fé é questão de foro íntimo, respeite isso. Meus blogs são: vossavateologia.blogspot.com.br www.debatenerd.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.