Últimas Notícias
recent

Confira a entrevista entre Toriyama e Toyotaro publicada no 4º volume de Dragon Ball Super

Olá, Nerds!

O volume 4 do mangá de Dragon Ball Super, trouxe uma entrevista entre Akira Toriyama e Toyotaro, contando os bastidores da criação do arco de Mirai Trunks.


Na entrevista publicada no mangá, os dois autores comentaram sobre os segredos do nascimento do arco de Mirai Trunks e mistérios sobre os personagens da saga.


Toyotaro: Qual foi o seu ponto de partida para criar o arco "Trunks do Futuro"?

Akira Toriyama: Eu acho que comecei a pensar que precisávamos "mudar as coisas um pouco".

Toyotaro: Fiquei chocado quando li seu rascunho original. Eu pensei que os deuses eram bons, mas ler que um deles tinha se tornado mal, aumentou a tensão. A intensidade da história a partir desse momento foi incrível. Penso que é difícil tornar as coisas tensas numa história de Dragon Ball, mas lutar em um futuro alternativo onde não há as esferas do dragão, cria um sentimento de tensão incrível, já que ninguém pode voltar à vida se morrer ... E mesmo antes da história começar nem sequer conhecemos a verdadeira identidade do inimigo. A personalidade de Zamasu também era algo que nunca tínhamos visto antes. Zamasu foi um caso um pouco mais complicado com sua própria noção de "justiça".

Akira Toriyama:  Nesse núcleo Zamasu é bom como Shin (nome do Kaioshin do Universo 7), embora eu acho que você poderia dizer que ele era tão impertinente que surtiu um efeito colateral. Mas para este arco do "Trunks do Futuro", você teve que retratar o conflito interno de Zamasu e Trunks, certo? Se fosse quando eu estava desenhando o mangá, eu duvido que eu poderia ter feito isso. Não sou muito bom em descrever a psicologia dos personagens nas páginas. Então chegamos a isso porque agora eu só tenho que escrever a história (risos).

Toyotaro: Majin Boo não tem esse tipo de conflito psicológico.

Akira Toriyama: Isso mesmo! Francamente, eu pensei que Cell era um pouco complicado (risos). Com os inimigos, é mais fácil simplesmente fazê-los com que sejam caras malvados, para que possam apenas serem derrotados. Nesse sentido, acho que os mangás Shojo são realmente incríveis, porque eles têm que retratar continuamente o estado de espírito de uma menina (risos). Eu não acho que posso lidar com isso!


Toyotaro: É incrivelmente difícil porque as coisas se acumulam e ficam cada vez mais complicadas. Mesmo eu tive sérias dúvidas sobre se eu tinha corretamente transmitido o estado de espírito de Zamasu. Eu fiz bem ...?

Akira Toriyama:  Não se preocupe, você fez bem! É precisamente porque você desenhou que o arco "Trunks do Futuro" foi bem feito! Por minha parte, duvido que eu poderia ter expressado a queda do Zamasu para o lado negro.

Toyotaro: Pessoalmente, acho que dificilmente consegui transmitir isso, mas é uma honra ouvir você dizer isso (risos). Para mudar o assunto, tenho uma pergunta sobre os personagens neste arco, acho que os inimigos deste ano tiveram um enorme impacto, especialmente o Goku Black, como  surgiu a ideia desse personagem?

Akira Toriyama: Era algo que eu já queria tentar. Algo como "Ultra Man falso" ou " Kamen Rider falso".

Toyotaro: Então, foi isso?

Akira Toriyama:  Sim! Eu queria fazer um "Son Goku falso" (risos).

Toyotaro: "Goku Black" é um ótimo nome.

Akira Toriyama: Bem, ele é diretamente inspirado por "Kamen Rider Black" (risos).

Toyotaro: Isso funciona surpreendentemente bem. Claro, Goku Black foi interpretado por Masako Nozawa-san, mas ela fala tão educadamente ... Suponho que venha de Zamasu? Eu ouvi que a redação do editorial recebe cartas de mulheres dizendo que a voz de Black por Masako Nozawa era sexy (risos).



Entrevistador: Toyotaro-sensei, você adiciona suas próprias idéias quando transforma os rascunhos originais de Toriyama-sensei em manga (finalizado)?

Toyotaro: É verdade. No final, é certo que as coisas devem se mover para a conclusão escrita pelos rascunhos originais de Toriyama-sensei, mas, ao mesmo tempo, quero dar aos diferentes personagens coisas que tenho em mente. Vegeta sendo teimoso mostra o apelo do personagem e torna a história mais excitante. E é claro que eu quero fazer Mirai Trunks parecer legal, até mesmo Gowasu ... Basicamente, quero que todos os personagens tenham a chance de brilhar. Ás vezes, desvio um pouco do roteiro, mas acho que podemos dizer que permaneço fiel ao original.

Akira Toriyama: Estou feliz com isso! Afinal, você conhece muito mais sobre Dragon Ball do que eu (risos).

Toyotaro: Bem, meu objetivo é ser o fã número 1 (risos). No entanto, não é só o meu desejo de dar uma chance aos personagens de brilharem. Há também momentos em que esse tipo de coisa é necessária para chegar ao objetivo que você mencionou, Toriyama-sensei. Por exemplo, se o objetivo no final é que o Goku tenha um confronto direto com Zamasu, não posso simplesmente conseguir que Goku atinja esse ponto nas melhores condições. Deve haver vários giros antes que os dois possam competir. Desta vez no arco "Trunks do Futuro", houve muitos desses giros que criei ... mesmo que eu estivesse um pouco incerto sobre eles ...

Akira Toriyama: Não, é melhor assim! Eu acho que é melhor deixar sua individualidade se mostrar como um autor, em vez de simplesmente seguir o caminho que eu projetei para você. Seria desequilibrado se tudo fosse apenas minhas idéias, então é melhor assim.

Toyotaro: Embora eu tentei não ir muito longe, eu certamente usei muitas das minhas próprias idéias às vezes. Como pensar ", não seria interessante se Mirai Trunks tivesse treinado no Reino dos Kaioshins e se ele tivesse poderes de cura?" (risos)

Akira Toriyama: Certamente é melhor assim.

Entrevistador: Vegeta também apareceu como Super Saiyajin Deus na versão do mangá!

Akira Toriyama: Supervisionei isso. Eu lembro (risos). Foi divertido ver as ideias de Toyotaro-sensei começarem a surgir cada vez mais.


Entrevistador: Além do Mafuba, que estava no rascunho original, várias outras reviravoltas foram criadas?

Toyotaro: Na verdade, Zamasu não era muito forte no script original que recebi de Toriyama-sensei . Embora imortal, sua força era tal que dois Super Saiyajins Azul eram mais do que suficientes para derrotá-lo. E é exatamente por essa razão que no roteiro inicial, as coisas aconteceram para que sua "imortalidade" e o "limite de tempo dos brincos Potara"se tornassem"chaves", para que Goku e Vegeta se revezassem lutando contra ele. Goku e Vegeta não se fundiriam no script original, suas personalidades após o arco do Majin Boo tornou impossível qualquer possibilidade deles realizarem a fusão. No entanto, eu queria atender ás expectativas dos leitores ... Então, fiz um cenário onde, mesmo que não quisessem se fundir, eles não teriam escolha pela a situação que se encontravam.

Akira Toriyama: Eu acho que foi bom!


Toyotaro: É por isso que pensei muito até que minhas idéias se juntassem ao script original ... Foi o momento mais divertido e estressante. Mas uma vez que estava "ok", foi um trabalho divertido!

Akira Toriyama: Na maioria das vezes, eu dei  "ok" logo de cara, para  os esboços do arco "Trunks do Futuro".

Toyotaro: Estou muito feliz em ouvir isso, mas fiquei feliz quando você me deu alguns conselhos. Eu pensei: "Legal, ele realmente lê isso!" (risos)

Entrevistador: As coisas ficaram excitantes para Toyotaro-sensei, quando ele estava recebendo conselhos de Toriyama-sensei. "Legal, ele realmente olhou isso !!" (risos)

Toyotaro:  Não, eu realmente estava muito feliz.

Entrevistador: Do seu ponto de vista,Toriyama-sensei, como você acha que Toyotaro-sensei mudou agora que atingimos o Volume 4 de Dragon Ball Super?

Akira Toriyama: Em relação a seus desenhos de  antes, parece que ele ainda estava perseguindo o meu Dragon Ball. No entanto, recentemente seus próprios traços começaram a surgir e acho que isso é um sinal que ele está a caminho para um aperfeiçoamento definitivo!

Toyotaro: Oh, fico muito grato.

Akira Toriyama: Vamos ver ... Se eu tivesse que dizer qualquer outra coisa, então eu diria que você é muito cuidadoso! Especialmente em cenas de combate, ser mais direto às vezes, pode ser bom.

Toyotaro:  As cenas de batalha são realmente difíceis e eu sempre estou preocupado com elas…

Akira Toriyama: Eu tive dificuldade com as cenas de batalha também. Mas às vezes desenhar com um toque áspero pode produzir bons resultados, estranhamente. É por isso que é importante fazer de modo descuidado, de qualquer jeito! (risos). Isso será perfeito!

Toyotaro: Terei isso em mente!


Além da entrevista o mangá trouxe cenas inéditas do arco focadas em Vegetto.

Confira:













Iran Tomas Neto

Iran Tomas Neto

Jamais caia, roube, engane ou beba. Se for cair, que seja nos braços de seu amor, se for roubar, roube boas amizades, se for enganar, engane a morte e se for beber, beba nos momentos de tirar o seu fôlego.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.