Últimas Notícias
recent

Liga da Justiça - Crítica sem Spoilers

Olá, Olá Nerds! A ansiedade finalmente acabou, depois de tanta espera, assistimos ao filme da Liga da Justiça! E o que o Debate Nerd achou você confere aqui embaixo!



Dirigido por Zack Snyder e por Joss Whedon o tão esperado filme da Liga da Justiça está longe de ser a obra prima que prometeram, mas não é um horror também, pra ser franco, é bem mediano! Tem muitos problemas, mas também tem muitas soluções, algumas inclusive, melhores que as dos quadrinhos.

O argumento do filme é muito bom, a história em si, é boa, o plot é bem coerente, mas o enredo tem muitas falhas, muitos furos, principalmente no início, relacionado ao Batman. O filme é leve e divertido, vai entreter e divertir as crianças e os adultos. Não esperem um filme "Oh!", pois terão, no máximo, um filme "ok", digno de seção da tarde.

A cada cena assistida, é possível perceber a mão de cada diretor. As câmeras lentas do Snyder, as cores do Whedon, mas mesmo sendo perceptível, os dois estilos casaram muito bem, funciona.

O CG é trágico, em certos momentos, pensei que tivesse sido feito pelo estágiário. O Lobo da Estepe é terrível e o "bigode" do Henry Cavil ficou triste, ele me lembrou de Jonh Travolta.


Henry Cavill

Jonh Travolta (só pra não confundir)

A fotografia é boa, o filme ficou bem colorido, diferente dos tons mais sombrios de BvS, os cenários ficaram bonitos, destaque para Atlantida e Themiscira, entretanto, em alguns momentos eu cheguei a pensar que o filme tinha parceria coma Toei (quem gosta de tokusatsu vai entender), pois as principais cenas de luta foram gravados em um lugar inóspito e praticamente vazio (e aqui está mais um problema com o roteiro, mas como a crítica é sem spoiler, aguarde nosso podcast ou assista o filme rs).

Ah! O filme tem piadas, umas boas, umas péssimas, uma ou outra fora de hora, o que pode irritar a alguns que não curtem a fórmula Marvel (que parece ter contaminado a DC).

Personagens:


Batman: Ben Affleck foi bem como o Cavaleiro das Trevas, um Batman muito mais proximo dos quadrinhos do que havia sido em BvS, liderou a liga da justiça, investigou, construiu equipamentos. Passei a gostar ainda mais do Ben Affleck como o Morcego de Gotham.



Mulher Maravilha: é o nome perfeito não só pra personagem, mas também para a atriz. Gal Gadot foi impecável, com cenas de ação muito bem executadas e sendo líder em momentos circunstanciais. É a consciência da Liga.



Aquaman: Interpretado por Jason Momoa, o atlante ficou totalmente Badass, muito parecido com a versão da animação Liga da Justiça: Sem Limites. Uns detalhes da origem do Protetor dos Oceanos me fizeram torcer o nariz, mas é aceitável dentro da lógica do filme.



Flash: O ator Ezra Miller foi muito bem interpretando o Barry Allen, entretanto eu não gostei muito do personagem devido a descaracterização dele. O Barry Allen do filme da Liga, tava mais para Wally West do "LJ: Sem Limites" sendo o alívio cômico do filme. NESSE ASPECTO, o Flash do tosco do Grant Gustin é melhor.



Ciborgue: Diferente da excelente animação dos Jovens Titãs onde, juntamente com Mutano, é o alívio cômico, aqui, em Liga da Justiça o Ciborgue é sério e depressivo, mas isso faz sentido no filme. Interpretado por Ray Fischer, embora a origem seja interessante, o desenvolvimento do personagem nem tanto...



Superman: Henry Cavill mostrou porque é definitivamente o novo Superman, porque ele é o cara que vai manter o legado de Christopher Reeve. Um Azulão que não foge da batalha, é gentil, amoroso, totalmente família. Gostaria de ver mais cenas do Clark nessa pegada, ficou muito bom!



Lobo da Estepe: Nem o excelente ator Ciarán Hinds salvou o personagem. Um vilão que nunca chegou a ser ameaça real para a Liga e foi derrotado vergonhosamente pelo Super. Com a mesma motivação de sempre (Destruir o mundo), com a mesma metodologia de sempre (Causar uma grante cataclismo que aniquilará o planeta), com o mesmo objetivo de sempre (reconstruir tudo segundo sua ideia doente) só que sem, carisma, sadismo, manipulação, crueldade ou qualquer outro atributo que um vilão possa ter. triste...

Bem, Liga da Justiça é um filme mediano, como já havia dito, mas não deixa de divertir, os heróis funcionam juntos, a equipe tem sinergia, os personagens fazem sentido, sao carismáticos e estão relativamente bem construídos, mas o conjunto da obra é fraco, vilão ruim, roteiro com muito furo.

Se o Debate Nerd recomenda?
Assistam por sua conta e risco. Talvez seja melhor esperar lançar em pay-per-view e gastar menos dinheiro do que indo ao cinema, mas como falei, é por sua conta.

E vocês ja assistiram o filme? deixem seus comentários aqui embaixo e em nosso perfil no facebook.




Raphael

Raphael

Sou marido, pai, filho, pensador, psicologo (não por formação, mas por maioria de votos), NERD (e tenho orgulho disso), curto animes, mangás, HQs, séries, filmes, livros, vídeo-games, enfim, Nerd com "N" maiúsculo, curto heavy metal, power metal, metal progressivo. Sou cristão protestante e fé é questão de foro íntimo, respeite isso. Meus blogs são: vossavateologia.blogspot.com.br www.debatenerd.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.