Últimas Notícias
recent

Vingadores X Liga da Justiça: Qual o Melhor Filme?

Olá, Olá Nerds!

O filme da Liga da Justiça já está em cartaz há 10 dias, e os fãs continuam a debater seus méritos enquanto olham os baixos resultados de bilheteria, torcendo para que aumentem.


Com uma equipe de super-herói, narrativa épica e apocalíptica, o filme foi claramente destinado a ser a respota do Universo Expandido da DC (DCEU) ao Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), que segue sendo o filme de super-heróis de maior bilheteria de todos os tempos e também é um dos mais aclamados.

Longe dos milhares de dólares e do score do Rotten Tomatoes, como exatamente Liga da Justiça se contrapõe à Vingadores? Quais as áreas que contam?

É interessante pensar que, com Joss Whedon juntando-se à produção da Liga da Justiça no final, isso acabe por colocar o diretor contra ele mesmo (mesmo parcialmente), pois também dirigiu Vingadores, embora trabalhando em circunstâncias decididamente mais urgentes em seu novo filme.

Da direção até as performances, passando pelo vilão de cada filme, as sequências de ação e muito mais, aqui os maiores filmes da MCU e DCEU se encontram para disputar um contra o outro...


13 - Direção 



Assunto complicado pois Joss Whedon está envolvido em ambos os filmes. Seu trabalho em Vingadores é certamente competente, mas também pouco inspirado, porque Whedon é claramente um escritor mais talentoso do que ele é diretor. Em vingadores, os diálogos lembram mais novelas do que um grande filme

Por outro lado, a Liga da Justiça é uma bagunça de dois estilos de direção distintos, com o bombardeio operacional de Zack Snyder e a simplicidade mais desarmada de Whedon chocando severamente às vezes.
"
Vencedor: Nem um filme é particularmente impressionante nesta área, embora por sua consistência de visão, "Os Vingadores" é superior.


12 - Dinâmica dos Heróis


O aspecto mais importante de qualquer filme de equipe de super-heróis é o quão homogênea é a equipe na tela, criando um vínculo convincente depois de algumas disputas inevitáveis, é claro.

Este é uma das coisas mais fortes dos Vingadores, graças à escrita aguda de Whedon e ao excelente elenco. O agrupamento se sente adequadamente desconfortável e, quando se tornam uma "máquina bem lubrificada", funciona muito bem.

Parece que a DCEU está tentando desesperadamente jogar catchup, Liga da Justiça introduz novos personagens e não faz um trabalho particularmente convincente de criar o supergrupo de heróis. Os breves argumentos são divertidos, mas, em geral, pareceu muito fácil e de baixo esforço.

Vencedor: Vingadores, de longe


11 - Narrativa


Novamente, nenhum dos filmes leva ampla vantagem sobre o outro. "Os Vingadores" se concentra mais em seus personagens do que formando uma história particularmente memorável, que se resume a "evitar que Loki entregue a Terra para Thanos".

Liga da Justiça tem uma abordagem semelhante, passando a maior parte do tempo introduzindo os novos personagens e configurando a equipe. Mais uma vez, a história não é muito mais do que parar o Grande Mal de arruinar a Terra.

Vencedor: Ambos são muito bons, mas Os Vingadores está levemente melhor e teve a sorte de chegar no momento em que esse tipo plot (fim de mundo) estava em alta.


10 - Elenco de Apoio


Aqui é onde as coisas ficam um pouco mais difíceis. Um filme de equipe de super-heróis sempre trás grandes elencos, permitindo que uma grande quantidade de bons atores atuem em personagens de suporte com salários mais baixos.

Os Vingadores fazem uso sólido de Clark Gregg e Cobie Smulders e Samuel L. Jackson  em particular, enquanto os atores de apoio mais memoráveis ​​da Liga da Justiça incluem Amy Adams, Jeremy Irons, Diane Lane, J.K. Simmons, Joe Morton, Amber Heard e Billy Crudup.

Vencedor: em ambos os casos, os membros do elenco de apoio não são tão bem aproveitados quanto poderia e, embora seja bastante claro que Liga da Justiça teve inúmeras subcebas reduzidas, ainda se beneficia mais de ter tantos atores fantásticos no elenco de apoio, enquanto Os Vingadores não tinha tanta dependência.

Nem um dos dois filmes faz um uso especialmente fantástico de seus talentosos membros de elenco periféricos, mas neste cas Liga da Justiça vence, por usa-los de maneira mais inteligente.



9 - Música


É uma crítica freqüente e justificada ao MCU que a maioria esmagadora de seus filmes não possui nenhuma música memorável.

Os Vingadores, no entanto, é a exceção, graças ao tema principal icônico de Alan Silvestri, que é praticamente o único trecho de música da MCU que todos recordam.

Esta é tipicamente uma área onde a DCEU é melhor, embora a partitura musical da Liga da Justiça fosse decepcionantemente em sua maior parte. Os riffs nostálgicos nos clássicos temas do Batman e do Superman eram legais, mas não havia novos temas para o Flash, Aquaman e Cyborg, e nada que fosse quase tão memorável quanto as trilhas de Homem de Aço e Batman vs Superman. Embora eu tenha gostado muito da versão de Gary Clark Jr para Come Together.

Vencedor: Liga da Justiça ganha por padrão, simplesmente porque faz juz aos temas ja consagrados, enquanto a Os Vingadores teve pouco a oferecer além do uso de uma única música. De qualquer modo, caso o DCEU prossiga, espero que tragam de volta Hanz Zimmer e Junkie XL.


8 - O Vilão


Os Vingadores tem um dos melhores vilões da história da MCU, com o Loki de Tom Hiddleston provando ser um dos poucos antagonistas da franquia que é realmente interessante de assistir.

A deliciosa performance de Hiddleston combina com a escrita afiada de Whedon para tornar a Loki uma presença consistentemente divertida.

Por outro lado, Liga da Justiça tem O Lobo da Estepe, uma criação digital maçante, cujas motivações são praticamente inexistentes e cuja presença digital é incrivelmente incontrolável cada vez que ele está na tela. Pelo menos a voz de Ciaran Hinds era adequadamente ameaçadora.

Vencedor: Loki humilha o Lobo da Estepe embaraçosamente.


7 - O Visual



Os Vingadores foi o primeiro filme da MCU a ser filmado na proporção de 1,85: 1, que não foi uma decisão "cinematográfica", aparentemente era uma decisão puramente prática para garantir que o Hulk pudesse se encaixar no quadro com o resto dos vingadores.

Os efeitos visuais são sólidos, muito bons no geral, mas a cinematografia não tem a inspiração de outros filmes de MCU como Guardiões da galaxia ou Doutor Estranho. Basicamente, parece um programa de TV.

Curiosamente, a Liga da Justiça também é o primeiro filme do DCEU a usar a proporção 1.85: 1, porque Zack Snyder teria se apaixonado pelo formato depois de gravar cenas IMAX em Batman vs Superman. Mais uma vez, minimiza a sensação cinematográfica do filme, mesmo que em termos de cinematografia pura, a Liga da Justiça é um filme bem bonito.

Infelizmente, porém, a lente afiada é prejudicada por um CGI horrível, como o rosto estranho do Henry Cavill, e o Lobo da Estepe.

Vencedor: os vingadores é competente, mas de é mais fraco, enquanto Liga da Justiça é "esforçado", mas bagunçado. Liga da Justiça vence porque a cinematografia parece mais com a de um filme real.


6 - Ritmo


Os vingadores tem substancialmente 143 minutos de duração, mas na maior parte é um filme alegrinho com porrada fofa, além de uma abertura estranha, mas de qualquer modo a obra aproveita ao maximo seu tempo.

Entretanto a Warner exigiu que Liga da Justiça fosse contado em duas horas para colocar quantas seções de cinema fossem possíveis, infelixmente o resultado final faz o filme soar como "apressado" com muitas cenas e sequencais sendo aceleradas ou deixadas no chão da sala de corte. perceptivelmente o filme deveria ter pelo menos 30 minutos a mais.

Vencedor: Os Vingadores, um caso rado onde um filme mais longo tem um ritmo melhor do que o filme mais curto.


5 - Tom


Os VIngadores criaram o modelo de como filme de super-herói de grande orçamento de ve ser, com um tom que mantém as coisas claras, embora não tenha medo de escurecer quando necessário. Algo que Whedon é muito habilidoso

Liga da Justiça está em desvantagem devido ao trabalho de dois diretores com estilos e tons de cinema extremamente distintos. O envolvimento de Joss Whedon foi uma tentativa da Warner de suavisar o filme e deixa-lo mais parecido com as obras do MCU. Entretanto a disparidade das partes de Snyder e Whedion seja perturbadora.

Vendecor: Os vingadores, sem se esforçar.


4 - Cenas de Ação


O que seria um filme de equipe de super-herói sem algumas sequências de ação absurdas, certo? Embora a ação não seja realmente o forte de Whedon, existem várias cenas altamente divertidas em os Vingadores, como aquela memoravel envolvendo The Hulk e Loki.

A ação da Liga da Justiça é bastante decepcionante, para ser sincero. Batman sente-se marginalizado durante a maior parte do filme e não há nada no nível de sua fantástica luta no armazém de Batman vs Superman.


Vencedor: Os Vingadores tem muitos momentos que ainda ficam na cabeça cinco anos depois. Enquanto Liga da Justiça vai causar um certo esforço para se lembrarem de alguma.


3 - Personagens Femininas


Um dos aspectos mais comentados dos filmes de super-heróis nos dias de hoje é a falta de papéis de qualidade atribuídos às mulheres, especialmente considerando o enorme hall de super-heróis femininos na Marvel Studios e Warner Bros.

Em Os Vingadores, pelo menos, dão a Viuva Negra um papel bastante proeminente no grupo e explora seu passado problemático em alguma profundidade, embora Maria Hill e Pepper Potts tomem decisivamente os papéis secundários.

Liga da Justiça continua a navegar na onda de Mulher Maravilha, que é facilmente um dos destaques do filme, enquanto personagens como Martha Kent, Hippolyta e Mera recebem um ou outro momentos bom momento ​​cada, mesmo que Lois Lane de Amy Adams seja completamente desperdiçada.

Vencedor: Mulher Maravilhja é a grande força Liga e representa, de longe, o melhor super-herói feminino da linha de frente na história dos filmes de quadrinhos. A Marvel lançou quase 20 filmes e nenhum deles foi liderado por mulheres e isso é vergonhoso. Vitória facil de Liga da Justiça


2 - Apelo da Franquia



Os Vingadores foi o filme que levou a MCU ao próximo nível, reforçando uma fórmula extremamente bem-sucedida que efetivamente ditou o estilo e o tom da franquia desde então.

Sem Vingadores, nós certamente não estaríamos a poucos meses de distância do empreendimento mais ambicioso do MCU, Guerra Infinita.

Por outro lado, Liga da Justiça pode se sentir como uma correção do da franquia, depois que os fãs criticaram severamente Batman vs Superman, mas os decepcionantes números das bilheterias deixam claro que o "poço ja está envenenado"

É difícil imaginar que a Warner Bros esteja ansiosa para uma  continuaçao o mais rápido possível e, em vez disso, provavelmente redirecionará seus esforços em filmes individuais, como Mulher Maravilha 2, Batman e Flashpoint.

Vencedor: O MCU é um gigante nesta área, e tudo começou com Os Vingadores. O DCEU ainda está esperando por esse filme bilhonário, e provavelmente será assim por algum tempo.



1 - Geral


Está na hora de sabermos, quem venceu, Os vingadores ou Liga da Justiça? Ok todos nós sabemos a resposta!

Liga da Justiça divertiu, o grupo de heróis funcionou de certo modo, mas a falta de homogeneidade dos diretores nos fez querer saber qual filme seria melhor, o que Whedon entregou ou o corte de Snyder? Há aqueles que não gostem do tom mais sombrio de Snyder, Há aqueles que não gostem do humor de Whedon. Mas ja sabemos que a mistura, do modo como foi feita, não funcionou.

Os Vingadores é um marco na história dos filmes de super-heróis, ditou ritmo e fez com que a DC pensasse fora da caixa. Entretanto parace que o time da Warner ainda não conseguiu acertar e vencer o pessoal do MCU

Vencedor: De todas as categorias, Liga da Justiça só teve vitória em 4 delas, sendo assim foi uma vitória esmagadora do magnífico filme da Marvel.

E antes que venham dizendo que sou "marvete" ouçam o podcast sobre Thor: Ragnarok




Raphael

Raphael

Sou marido, pai, filho, pensador, psicologo (não por formação, mas por maioria de votos), NERD (e tenho orgulho disso), curto animes, mangás, HQs, séries, filmes, livros, vídeo-games, enfim, Nerd com "N" maiúsculo, curto heavy metal, power metal, metal progressivo. Sou cristão protestante e fé é questão de foro íntimo, respeite isso. Meus blogs são: vossavateologia.blogspot.com.br www.debatenerd.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.