Últimas Notícias
recent

Crise na Terra-X - Crítica e Review com Spoilers



Olá, Olá Nerds! Assistimos aos 4 episódios do maior crossover de séries de heróis e vamos falar o que achamos. Se vocês não assistiram ainda, corram lá no canal da Warner, se programem e voltem aqui pois essa postagem terá Spoilers!

Crise na Terra-X é um crossover das séries pertencentes ao Arrowverse, ou seja, aquelas que estão direta ou indiretamente ligadas com Arrow. São elas: Supergirl, Legends of Tomorow e Flash. E já adianto, é o melhor crossover da história das séries de super-heróis! Faz Marvel Defensores parecer que foi escrito por uma criança.

A trama começa na série Supergirl, vai para Arrow, passa por Flash e termina em Legends of Tomorow.

A partir daqui, alerta de spoilers ativado!





Parte 1 - Supergirl


O primeiro episódio se passa durante os preparativos do casamento de Iris e Barry, todos os heróis estão lá, em suas identidades civis, obviamente. Kara não tem um par, visto que seu relacionamento com Mon-El foi por água abaixo e leva sua irmã Alex para a Terra 1 para participar do casamento.

Durante a cerimônia, a igreja em que estão é atacada por nazistas comandados por super-seres com habilidades similares ao de Flash, Supergirl, Arqueiro Verde e Prometeus. A Batalha é dura, mas os heróis vencem e conseguem capturar o "Prometeus", levando-o para a prisão dos Laboratórios Star.

Herrison Wells explica que essas pessoas são da 53ª Terra, que de tão horrenda, não é contada no multiverso, a Terra X. Nessa versão, os Nazistas venceram a guerra e dominaram o mundo. E agora parece estar querendo expandir suas fronteiras.


Parte 2 - Arrow




O segundo episódio começa com Oliver indo interrogar o prisioneiro, descobre que trata-se do doppelgänger de Tommy Merlyn, que na Terra 1 era o melhor amigo de Oliver até ser morto. Oliver tenta ver a "parte boa" do vilão que se mostra cínico e incapaz de ajudar. Para não revelar segredos da Terra X, Tommy se suicida.

Em um galpão, os vilões comentam sobre a morte de Tommy e acabam se desentendendo, durante o diálogo.

Arqueiro, Flash e Supergirl vão ao encontro dos vilões e descobrem que são sua contraparte da Terra X atuando juntamente com Eobard Thawne, o Flash Reverso, que está com o rosto de Harrison Wells (ou seja ainda é o Thawne da primeira temporada)

Os dois grupos se enfrentam, Arqueiro atinge uma flecha de Kryptonita em Kara Má, entretanto, mesmo com essa vantagem, acabam perdendo a luta.

Parte 3 - Flash


De volta aos Laboratórios Star, Barry solicita que Wally, o Kid Flash, mantenha os civis em segurança e saia da cidade, contrariado, Wally atende o pedido, mas Iris acaba ficando.

Descobrimos que o Oliver da Terra X é o novo Fuhrer Nazista assumindo após a morte de Hitler em 1994 e que é casado com Kara da Terra X, descobrimos ainda que eles estavam monitorando a Supergirl pois precisam de seu coração pois a contraparte nazista está morrendo e precisam de um transplante urgente.

Os heróis localizam os vilões e vão até o encontro deles para os confrontarem. Acabam levando uma surra histórica, são presos e enviados a um campo de concentração na Terra X, algemados e com colares que os impedem de usar os poderes.

Supergirl está presa nos Laboratórios Star, sem poderes devido a radiação artificial de sol vermelho, prestes a ter seu coração retirado.

Ajudados por Ray, o Combatente da Liberdade e Leonard Snart, O Capitão Frio da Terra X os heróis conseguem se livrar dos nazistas. Em um plano audacioso, Oliver se passa pelo Fuhrer durante o processo, acaba autorizando que uma arma seja transportada para a Terra, mas consegue tempo suficiente para manter o portal aberto para poderem voltar. Durante a ação, Dr Stein (Nuclear) acaba levando um tiro.


Parte 4 - Legends Of Tomorow


Iris e Felicity mandam mensagem para as Lendas mas são capturadas pelo Flash Reverso

As Lendas conseguem evitar que Supergirl tenha seu coração arrancado e confrontam os vilões qeu acabam saindo da Star Lab.

Dr Stein acaba falecendo em decorrência do tiro levado, os heróis vão confrontar suas contrapartes, uma nova batalha se inicia. Os vilões são derrotados e Kara da Terra X é levada para o espaço pela Supergirl e acaba explodindo.

Ray volta para a Terra X para continuar a luta contra o Nazismo, Snart fica.

Barry e Iris, Oliver e Felicity se casam em uma cerimônia civil conduzida por John Diggle, Fim.


Crítica:



Os quatro episódios são eletrizantes, todos os cliffhangers funcionam, te prendem e você quer ver o próximo episódio de qualquer jeito!

A fotografia está boa, um pouco menos colorido do que estamos habituados, mas caiu como uma luva nesta sequencia, conseguiu trazer a obscuridade necessária para a trama.

O roteiro tem alguns furos, não deu pra saber exatamente se o principal objetivo era salvar a Kara da Terra X ou dominar um novo universo, embora a tendencia maior seja a de salvar Kara. Senti falta de personagens como Kid Flash e Superman, o primeiro apareceu apenas no inicio do episódio 1, o segundo foi só mencionado, achei que precisava de um personagem para dar segurança, embora alguns possam dizer que a graça estava justamente nessa "insegurança" e não estarão errados. Isso é apenas ponto de vista.

O grande problema (e nem e um problema tão grande assim) é a famosa Porrada Fofa, as lutas não passaram impressão de que era pra valer, bem artificial até, mas isso já é normal dessas séries, não mudariam apenas para esse crossover, mas não deixa de ser um problema.


O Crossover é divertidíssimo, durou 2h40 no total dos 4 episódios e contou uma boa história, com um monte de super-heróis lutando juntos. Será que era tão difícil fazer algo assim com o filme da Liga da Justiça?

Para quem não quer ver porque não acompanhou as séries um aviso: Pode assistir despreocupadamente, você conseguirá entender tudo tranquilamente.


Raphael

Raphael

Sou marido, pai, filho, pensador, psicologo (não por formação, mas por maioria de votos), NERD (e tenho orgulho disso), curto animes, mangás, HQs, séries, filmes, livros, vídeo-games, enfim, Nerd com "N" maiúsculo, curto heavy metal, power metal, metal progressivo. Sou cristão protestante e fé é questão de foro íntimo, respeite isso. Meus blogs são: vossavateologia.blogspot.com.br www.debatenerd.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.