Últimas Notícias
recent

Os 10 melhores jogos 2017

Olá, Nerds!

Chegou o momento de descobrirmos quais foram  os 10 melhores jogos 2017.


Vale ressaltar que esse ranking não é nossa opinião, pois esse top 10 é embasado nas avaliações do site americano metacritic, que reúne as notas de diversos críticos especializados e gera uma média aritmética.



Neste ranking seguiremos o seguintes parâmetros para a análise.

Utilizaremos a nota do game como base, não utilizando os DLCs.
Sempre levaremos em consideração a maior nota, quando o jogo for para mais de uma plataforma.
Em caso de empate seguiremos os seguintes critérios para desempate:
Maior quantidade de avaliações  e notas altas.
Nota dos usuários.

10 - Horizon Zero Dawn (PlayStation 4)



Horizon Zero Dawn é um jogo eletrônico de RPG de ação desenvolvido pela Guerrilla Games e publicado pela Sony Interactive Entertainment exclusivamente para o PlayStation 4, lançado em 28 de fevereiro de 2017. Horizon Zero Dawn acontece mil anos no futuro em um mundo pós-apocalíptico onde criaturas mecanizadas colossais dominaram o mundo, e vagam em uma paisagem fora do controle da humanidade. O jogador controla Aloy, uma caçadora que utiliza sua velocidade, esperteza e agilidade para permanecer viva e proteger sua tribo contra a força das máquinas.

Horizon Zero Dawn foi muito bem recebido pela crítica e ganhou diversos prêmios, incluindo "Melhor Jogo Original", atribuído pelo painel de juízes da Game Critics Awards.



9 - Bayonetta (PC)



Muitos provavelmente devem ter estranhado Bayonetta  estar na lista de melhores jogos do ano, não pela qualidade mas por ser um jogo relativamente antigo (Bayonetta  foi lançado em 2009 para lançado para PlayStation 3, Xbox 360 e Wii U)  mas foi lançado em 2017 a versão para PC do jogo, que tem suporte a resolução 4K e ferramentas avançadas para configuração de gráficos.
Bayonetta é um jogo de ação desenvolvido pela Platinum Games e dirigido por Hideki Kamiya, diretor de outros jogos como Devil May Cry, Okami e Viewtiful Joe, o game foi publicado pela Sega. A trama de Bayonetta se passa em uma cidade fictícia na Europa, o jogo se centra sobre a sua personagem-título, Bayonetta, uma bruxa que foi revivida há vinte anos atrás do fundo de um lago e não tem lembranças de seu passado. A personagem pode utilizar quatro revólveres, entre outras armas e executar ataques mágicos para derrotar vários inimigos. O jogo conta com cinco níveis de dificuldade, seus dois mais fáceis contém um modo de jogo jogável com apenas um botão, similar a um modo que Kamiya usou em Devil May Cry. Seus personagens foram desenhados com estilo moderno e fashion em mente, enquanto a sua música é amplamente otimista e feminina.

Bayonetta é um dos poucos jogos que já conseguiram a nota máxima (40/40) na conceituada revista japonesa Famitsu.


8 - Shovel Knight: Treasure Trove (Nintendo Switch)




Shovel Knight: Treasure Trove é a edição completa e completa do Shovel Knight, uma série de jogos de aventura de ação clássico, com jogabilidade incrível, personagens memoráveis ​​e uma estética retro de 8 bits! No jogo você é  Shovel Knight, o guerreiro da Shovel Blade, enquanto ele corre, salta e luta em busca de sua amada perdida ele deve enfrentar os cavaleiros nefastos da Ordem de No Quarter e seu líder ameaçador, The Enchantress. Shovel Knight: Treasure Trove apresentará três campanhas adicionais os quais vocês vai  assumir o controle de Plague Knight e Specter Knight em aventuras próprias, com King Knight se juntando mais tarde como uma atualização gratuita! Juntos, eles formam uma grande e ampla saga!
Com uma campanha totalmente cooperativa, um modo de desafio completo e um modo de batalha de 4 jogadores, Shovel Knight: Treasure Trove é um jogo que conquistou os fãs e os críticos do mundo inteiro e sem dúvida é um dos melhores jogos do Nintendo Switch.


7 - Undertale (PlayStation 4)




Undertale é um jogo eletrônico desenvolvido independentemente por Toby Fox para Microsoft Windows e OS X. Undertale foi anunciado pela primeira vez em meados de 2013 e lançado em 15 de setembro de 2015 para PC e 15 de agosto de 2017 para o PlayStation 4.
Toby Fox desenvolveu o jogo inteiramente de forma independente, incluído como escritor e compositor da trilha sonora, com arte adicional criada por outros artistas. O jogo foi inspirado por Mother, séries de RPG de Mario & Luigi, a série de jogos Bullet Hell Touhou Project e o show de comédia britânico Mr. Bean. Undertale inicialmente tinha a intenção de durar duas horas e foi marcado para lançamento em meados de 2014, mas seu desenvolvimento foi adiado ao longo de três anos. O jogo inicia contando sobre o passado, no qual monstros e humanos viviam no planeta. Após uma guerra, os monstros foram derrotados e selados embaixo de uma montanha. O game, então, volta para o presente e passa a focar na história de uma criança que caiu dentro da montanha onde os monstros agora vivem. Undertale foi bem recebido pelos jogadores, por mesclar equilibradamente ação, humor, lógica e um sistema de batalha que permite poupar ou eliminar inimigos. O game tem um grupo de personagens diversificados, que apresentam, um senso de humor inteligente. O jogo recebeu várias críticas positivas e foi muito bem recebido pelo público.



6 - Mario Kart 8 Deluxe (Nintendo Switch)



Mario Kart 8 Deluxe é um jogo de corrida para o Nintendo Switch, lançado mundialmente em 28 de abril de 2017, sendo uma versão mais completa do jogo Mario Kart 8 do Wii U. O game possui recursos adicionais, como vários novos personagens e apresenta mais opções para o Modo Batalha.
Mario Kart 8 Deluxe teve ótima recepção, tanto quer foi nomeado para os prêmios "Best Family Game" e "Melhor Multijogador" no The Game Awards 2017. No entanto, não ganhou, perdendo o primeiro para Super Mario Odyssey e o depois para os Battlegrounds.



5 - What Remains of Edith Finch (Xbox One)



What Remains of Edith Finch é um jogo de aventura desenvolvido pela Giant Sparrow e publicado pela Annapurna Interactive para Microsoft Windows , PlayStation 4 e Xbox One . A trama mostra os Finches uma família americana que vive na costa do estado de Washington, que acreditam estar sendo perseguidos por uma maldição. No game você assume o papel de Edith, que vai explorar a colossal casa de Finch, procurando histórias, enquanto ela explora a história da família e tenta descobrir por que ela é a última em sua família que ainda continua viva. Cada história que você encontra permite-lhe experimentar a vida de um novo membro da família no dia da sua morte, com histórias que vão desde o passado distante até o presente.
A jogabilidade e o tom das histórias são tão variados quanto os próprios Finches, as únicas constantes são que cada uma é jogada a partir de uma perspectiva de primeira pessoa e que cada história termina com a morte desse membro da família.
What Remains of Edith Finch é um jogo que parece ser simples, mas acaba surpreendendo pelo vasto e incognoscível mundo que rodeia o jogador.


4 - Divinity: Original Sin II (PC)




Divinity: Original Sin II é um jogo de RPG desenvolvido e publicado pela Larian Studios para Microsoft Windows . A sequência de Divinity: Original Sin de 2014, foi lançado mundialmente em 14 de setembro de 2017.
Como acontece com seu antecessor em "Divinity: Original Sin II ", os jogadores podem jogar campanhas solo com apenas um personagem em sua party, ou  multiplayer com até 4 jogadores. Vários personagens pré-fabricados com backstories estão disponíveis para o jogador, mas também é possível criar um personagem personalizado e escolher suas estatísticas, raça, gênero e história de origem no início do jogo.  Eles podem recrutar até três companheiros para ajudá-los, embora existem mods no Steam Workshop que aumentam o número máximo de companheiros de party. Companheiros em seu grupo são totalmente jogáveis ​​e potencialmente terão diferentes interações com o meio ambiente e NPCs do que o personagem do jogador.
Os jogadores são capazes de se separar e controlar individualmente seus membros, levando a táticas de batalha potencialmente complexas, bem como excelentes oportunidades de role-playing. O jogo possui modos de multiplayer on-line e local, tanto competitivos quanto cooperativos. O modo multiplayer competitivo, permite que os jogadores sejam divididos em duas equipes diferentes e lutem uns contra os outros em um mapa de arena. Também está disponível um sistema de criação de habilidades permite aos jogadores misturar e mudar suas técnicas.
Divindade: Original Sin II  foi muito aclamado mundialmente, com muitos críticos elogiando sua complexidade e interatividade, sendo considerado por muitos um dos melhores jogos de RPG de todos os tempos, o jogo também foi um sucesso comercial, vendendo mais de um milhão de cópias em dois meses.

3 - Persona 5 (PlayStation 4)




Persona 5 é um jogo de RPG desenvolvido pela Atlus para PlayStation 3 e PlayStation 4 . O game é cronologicamente o sexto episódio da série Persona , que faz parte da franquia Megami Tensei. Publicado pela Atlus no Japão e na América do Norte e pela Deep Silver na Europa e Austrália, o jogo foi lançado em todo o mundo em abril de 2017.
Persona 5 é uma fantasia baseada na realidade que segue um grupo de alunos do ensino médio com problemas: o protagonista e seus colegas. Os  jovens são perturbados e problemáticos e percebem gradualmente que estão vivendo em um mundo tóxico e perigoso que se assemelha a uma prisão cheia de escravidão, opressão e injustiça, governada por adultos corrompidos. Eles não podem viver com o sistema e não podem viver sem ele, e simplesmente por existir eles correm o risco de serem condenados a uma vida de escravidão. Para buscar a liberdade e a justiça, eles vivem vidas duplas como rebeldes e ladrões fantasmas dos corações . Usando um misterioso aplicativo de Smartphone e um gato que pode se transformar em ônibus , eles realizam aventuras fantásticas usando poderes de outro mundo para entrar no coração das pessoas (especificamente, adultos corruptos em posições de poder) para reformá-los e transformá-los. Os Ladrões Fantasmas percebem que a sociedade força as pessoas a usar máscaras para proteger suas vulnerabilidades internas, literalmente arrancando sua máscara protetora para desencadear seus personagens e confrontando seu eu interior, os heróis despertam seu poder interior e usam isso para ajudar aqueles que precisam . Em última análise, o grupo de ladrões fantasma procuram mudar o mundo do dia-a-dia para combinar com sua percepção, acabar com a escravidão e ver as máscaras que a sociedade moderna usa.
Persona 5 tem sido aclamado como um dos maiores jogos de RPG de todos os tempos pelos críticos, sendo considerado  uma obra-prima, vale ressaltar que um dos aspectos do jogo que foi muito elogiado foi o seu estilo gráfico.



2 - Super Mario Odyssey (Nintendo Switch) 



Super Mario Odyssey é um jogo de plataforma desenvolvido pela Nintendo Entertainment  e publicado pela Nintendo. Foi lançado mundialmente em 27 de outubro de 2017 exclusivamente para o Nintendo Switch. É o sétimo jogo de plataforma tridimensional na série principal Super Mario, retornando para o level design mais livre visto em Super Mario 64 e Super Mario Sunshine.
Em Super Mario Odyssey, o jogador joga como Mario em suas aventuras por terras além do Reino dos Cogumelos com o auxílio de um novo personagem introduzido no jogo, o Cappy. Esse "chapéu vivo" garante um novo acréscimo à dificuldade e a dinâmica já vista nos jogos anteriores, pois além de ser uma forma de ataque além do seu tradicional pulo, ele dá também a habilidade de "possuir" os  inimigos da série e alguns objetos. A nova mecânica funciona da seguinte maneira: ao chacoalhar os Joy-Cons ou apertar um simples botão, Cappy é arremessado e volta para a cabeça de Mario automaticamente, apenas se não encostar em algo que ele possa interagir.Há também vários outros simples movimentos com os Joy-Cons que fazem o chapéu rodear o cenário de maneiras diferentes, sendo útil de várias maneiras, como por exemplo a possibilidade de coletar moedas eliminar inimigos ao seu redor com mais rapidez. As mecânicas já vistas anteriormente como o "Ground Pound" e o "Wall Jump" também estão presentes no game.
Super Mario Odyssey foi aclamado pela crítica especializada, apesar de segundo alguns críticos dizerem que  jogo não foi tão revolucionário como o Super Mario 64, ele merece estar no segundo lugar desse ranking.


1 - The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Nintendo Switch)



Em primeiro lugar temos o espetacular The Legend of Zelda: Breath of the Wild, jogo publicado pela Nintendo, lançado mundialmente para Wii U e Nintendo Switch em 3 de março de 2017. O game é o décimo nono título da série The Legend of Zelda, a história segue o protagonista Link, que acorda em uma Hyrule devastada após cem anos de sono e precisa recuperar suas memórias e derrotar o grande mal causado pela chegada de Calamity Ganon. A jogabilidade do game quebra os padrões formulados da série, sendo ambientando em um mundo aberto, com um motor de física realista, dublagem e a capacidade de se jogar as dungeons do jogo em qualquer ordem.
Breath of the Wild foi eleito o jogo do ano ano no Game Awards 2017, a crítica elogiou a jogabilidade livre e mecanicamente consistente do jogo que incentiva a criatividade do jogador em soluções paralelas, sendo que muitos chamaram-no de marco no game design de mundo aberto.



Pessoal vocês concordam?  Deixem nos comentários suas opiniões e deixem sugestões para próximo rankings!

Confiram a lista com os 12 melhores jogos de PlayStation 3

Pessoal não deixem de conferir o ranking do 10 melhores jogos de vídeo game de todos os tempos e os 10 melhores jogos baseados em animes!!

Link: Os 10 melhores jogos de video game de todos os tempos!







Iran Tomas Neto

Iran Tomas Neto

Jamais caia, roube, engane ou beba. Se for cair, que seja nos braços de seu amor, se for roubar, roube boas amizades, se for enganar, engane a morte e se for beber, beba nos momentos de tirar o seu fôlego.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.