Últimas Notícias
recent

David Ayer: Nervosismo devido criticas a Esquadrão Suicida atrapalharam a direção de Bright



Olá, Olá Nerds! Com base nos trailers do filme de 2016, Esquadrao Suicida, parecia pronto para entregar o que os fãs queriam, mas quando o filme atingiu os cinemas, desmoronou. A história de supervilões de David Ayer recebeu uma avalanche de críticas negativas, e ainda assim conseguiu arrecadar cerca de US $ 750 milhões em todo o mundo, não deixou a impressão duradoura que Warner Bros. ou Ayer esperavam.

"Foi uma merda, Sim, foi uma merda de críticas. Eu fui degolado", Ayer reconheceu em uma entrevista recente ao Entertainment Weekly. "Foi um filme super polarizador. Incrivelmente polarizante. "

Ayer continuou para explicar como a recepção o deixava nervoso em dirigir seu último filme, Bright, para Netflix. "É como ir ao ringue de boxe e ser nocauteado é como me senti. E eu tive que voltar ao ringue novamente. E dirigir é um jogo de confiança, porque você está vendendo a todos em algo que só existe na sua cabeça. Os atores têm que sentir essa confiança para confiar que você sabe o que você está fazendo, e também a sua equipe. Como diretor, você dá o tom. Realmente, ter saindo desse filme (esquadrão suicida), entendi as armadilhas, entendi os perigos, sabia onde os jacarés se escondem, entende? E por isso fiquei seguro de não ter repetido nenhum erro (em Bright). "

Infelizmente para Ayer, Bright também ficou muito mal com os críticos, embora ele esteja recebendo a recepção com calma. Na verdade, o diretor deu uma "especial" para David Ehrich, o crítico que chamou o filme de "o pior filme de 2017".

"Isso eu vou guardar", disse Ayer sobre a citação. "O maior elogio é uma forte reação de qualquer maneira. Esta é a p*** de um review épico. É um filme muito divertido. Você pode com certeza "enfiar" suas palavras juntas Sr. Ehrlich. Eu adoraria ler qualquer script que você escreveu. "

O que você acha dos pensamentos de Ayer? Deixe-nos saber nos comentários! Bright é exibido pela Netflix.
Raphael

Raphael

Sou marido, pai, filho, pensador, psicologo (não por formação, mas por maioria de votos), NERD (e tenho orgulho disso), curto animes, mangás, HQs, séries, filmes, livros, vídeo-games, enfim, Nerd com "N" maiúsculo, curto heavy metal, power metal, metal progressivo. Sou cristão protestante e fé é questão de foro íntimo, respeite isso. Meus blogs são: vossavateologia.blogspot.com.br www.debatenerd.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.