Últimas Notícias
recent

Arrow Episódio 12 Resumo



Por: Hélder Miranda- Nos últimos episódios de Arrow que foram lançados, minhas expectativas se fixaram na ideia da produção, de separar em parte a equipe do herói, no momento que tal elemento foi utilizado, na hora só conseguia pensar em apenas uma coisa... Não tem como isso dá errado (claro que eu acabei me enganando... brincadeira) mas sério, no mesmo instante que a cena tinha sido exibida, de imediato veio a certeza (era esse tipo de movimentação que a série estava precisando) e a respeito do que falei sobre não ter dado muito certo, olha... é uma ideia boa, particularmente gostei e vibrei bastante, no entanto, na minha humilde opinião, poderiam ter trabalhado mais e destacado os detalhes das ações, não só causando a impressão que o arqueiro está em plena desvantagem numérica (tudo bem que ainda temos tempo para ver esse tipo de abordagem, mas como uma primeira amostra, ficou um pouco a desejar) agora deixando todas essas questões de lado, vamos concentrar as análises no episódio 12, que trouxe alguns pontos peculiares, sem mais delongas então, bora lá.

Quem poderia imaginar que no fim das contas o vigilante era um duas caras (ou três, quatro, cinco, fica um pouco confuso, já que as revelações estavam sempre vindo à tona) agora que o personagem se assumiu de vez, como um infiltrado, podemos dizer que a equipe "B" composta por... Canário, Rene e Senhor Incrível (lembrando que o "incrível só está no nome) estão na frente (pelo menos em relação as informações). Por mais que eu tenha curtido e achado o episódio mediano, minha decepção fica justamente em cima da birra desses três heróis "independentes", basicamente a produção não conseguiu separar bem os pensamentos deles, forçando uma raiva que sinceramente... já perdeu toda a necessidade, então ao invés de ficarem focando em pontos chatos e irritantes (caramba... falando em irritante, segura a próxima reclamação) mostra algo que realmente possa valer a pena, movimentando e empolgando de novo, só que desta vez, sem perder o brilhantismo. Pela cena final do episódio, a equipe de criação da série já realizou outro feito interessante, basta saber executar e não mostrar um objetivo raso, falarei um pouco mais sobre o assunto no fim do resumo.

E lá vamos nós.... Se acalmem e não se enganem, por mais que a frase seja nostálgica, não estou fazendo uma citação a um dos episódios épicos de pica-pau, mas sim um resmungo sobre a insistência chata de manterem a queda de (Quentin). Pra quem está ficando bugado, por causa das declarações, irei esclarecer um pouco mais, sinceramente não acho viável ou uma boa sacada ficar focando, em Quentin e sua obsessão para tentar trazer sua filha de volta (que aliás, nem filha é, se trata apenas de uma cópia.... melhor, uma ideia furada pra permanecer a atriz no projeto) sei sei... falando assim parece até um exagero, eu admito, mas... poxa, já deu o que tinha que dá, coloca outras ideias pra frente, ou será que o poço secou??? Eu mesmo acho que esse tipo de prosseguimento, na verdade só está fazendo a série retroceder, (claro que afirmo tal palavra, em alguns certos pontos, nem todos merecem essa crucificação).

Tanto Oliver como Barry, enfrentam vilões que usam a inteligência para permanecer um passo a frente, e agora que Vince (vigilante) compartilha informações com a equipe de sua (como eu devo classificar??? Amiga colorida) pela primeira vez os heróis tem uma vantagem. O objetivo da missão ficou assim, descobrir o local de onde a bomba que pode destruir boa parte da cidade está, no entanto, o atual antagonista da série (vamos combinar que ele nem é grande coisa, pelo menos na parte de presença ou atuação.... vixi) ultimamente permanece bem vigilante (Vince = vigilante.... vilão = vigilante em cima de Vince... eu sei, piada ruim) mesmo ao adquirirem a informação, as duas equipes entram em um impasse, (encontrar a bomba já que sabem o local, ou salvar Vince que terminou sendo pego) depois de muita discussão, a resposta acaba sendo outra separação, Olivier vai até onde possivelmente a bomba pode estar, enquanto os outros vão a procura de Vince, a conclusão de tudo não poderia ser mais trágica, além de Oliver não ter conseguido encontrar a bomba, Vince acabou sendo morto pelas mãos (ou melhor.... pela boca) da sereia negra.

Depois de mais uma derrota, as consequências são bem promissoras (não que seja algo bom, mas é basicamente a parte boa para movimentar outra vez à série) Dinah está certa, que a única forma de parar os criminosos da cidade, é matando todos (agora sim o bagulho vai ficar doido) só resta torcer pra que não façam uma solução simples e mal aproveitada.

É isso meus amigos, quem curtiu o resumo e quer ver outros tipos de conteúdo, podem vasculhar o nosso site, dito isto, até a próxima.

Perfil Nerd

Perfil Nerd

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.