Últimas Notícias
recent

Nanatsu no Taizai Capítulo 256 Resumo

Por: Hélder Miranda- Com certeza alguém que acompanha os resumos aqui no Debate, deve ter feito algum tipo de Agouro, na intenção de conseguir vantagens em cima dos acontecimentos precoces da obra (esse é o momento onde vocês se perguntam... mas o que poderia ter acontecido, para o nosso querido amigo estar tão desconfortável??). Antes de mais nada, devo dizer que voltamos, pra poder falar do novo capítulo de Nanatsu no taizai, que trouxe a conclusão da Batalha de, Meliodas, Zeldris, Chandler e Cusack, contra o grande rei Arthur... isso mesmo, o que relatei logo acima, tem fortes conexões sobre o fato em questão, claro que uma parte minha está definitivamente fazendo brincadeiras (mas a outra, acredita seriamente no que foi dito... brincadeira de novo pessoal... será??), e é isso, com base nessas informações, vamos parar de enrolação e começar as análises, sem mais delongas então, bora lá.

Todos vocês no momento, devem estar loucos, por todo o ocorrido deste capítulo, mas antes de nos aprofundarmos totalmente, entrarei nos detalhes da minha defesa sincera (acharam que eu não iria argumentar... pobres amigos). Quem é fiel e acompanha os resumos, sempre que são postados, sabe muito bem que no anterior, deixei claro, os fortes índices de virada na luta dos cavaleiros, mesmo com a lavada de Arthur, o fato de que confrontos mostram um ritmo acelerado e reviravoltas interessantes, deixava o impacto de uma vitória fixada na incerteza, sendo assim, nada de catar glórias antes da hora (Não é Vitória??... dá no mesmo). Agora se alguém está pensando (pow Hélder, você só tá querendo amenizar o seu lado, já que na semana passada, todos os seus argumentos era para vangloriar o rei Arthur) realmente, eu posso ter construído essa imagem, mas uma coisa eu também afirmo... não estou andando pra trás em relação ao que falei, continuo achando o Arthur um grande personagem, tanto que ele ainda tem muito a apresentar, então... vamos apenas aguardar.

Sobre o capítulo em si, teve vários pontos do quais achei bem interessantes, um deles fica por conta da fala de Cusack. O Mestre de Zeldris não poupou palavras para desestabilizar Arthur, segundo o demônio, o rei cometeu dois graves erros, o primeiro, foi não ter treinado ao máximo seu corpo e mente, como deveria, com essa tamanha negligência, ele terminou não sendo capaz de manusear a Excalibur perfeitamente, já o outro, simples... uma frase... terror no máximo, totalmente o contrário de suas ações... o segundo erro (também segundo Cusack), foi o jovem ter escolhido enfrentar sozinho, os quatro maiores e mais fortes demônios que existem (É Arthur, estou tentando te defender, mas tá difícil), literalmente, Arthur ficou todo arrepiado só em sentir a aura  dos quatro cavaleiros.

Depois de ter sido menosprezando pelos cavaleiros a sua frente, Arthur não consegue encontrar uma solução viável para poder salvar o seu povo (pow cara, fiquei bem triste por ele, mas pra frente falarei o meu ponto de vista). Já que o rei não conseguiu resolver o problema, Merlin foi ao seu encontro, bem na hora quando Cusack iria conceder o golpe final, mesmo fazendo a última tentativa, Merlin  escapa com o garoto, no entanto, como Cusack mesmo disse, eles são os mais fortes de todos, então um último golpe de longe, ainda é aceitável e possível (pelo menos pra eles), ao chegar no local onde o resto dos pecados estão, Merlin pede para que Elizabeth use seus poderes pra poder curar Arthur, mas antes que ela possa fazer valer sua magia, Cusack utiliza sua carta, fazendo com que o próprio Arthur se golpeie com a Excalibur, deixando sua mestra muito, mas muito desesperada... E agora???

Olha, sinceramente (Não estou defendendo, por mais que eu goste do personagem), vale deixar claro, que todo o lance do Arthur não conseguir utilizar a espada neste momento, foi uma bela cartada do autor, porquê??? Se o sensei não tivesse feito isso, adeus história, como eu disse no resumo anterior, pra quem já leu algum artigo sobre a espada lendária, sabe quanto o objeto é poderoso, então no geral, foi uma boa ideia, até porquê, realmente, na história Arthur ainda é bem novo,  em outras palavras, tem muito chão, agora quando ele estiver no seu 100%, aí sim podemos avaliar novamente (caso o autor faça isso acontecer).

É isso pessoal, pra quem gostou do resumo e quer ver outros aqui mesmo no Debate, basta conferir nas nossas listas, até a próxima.

Link:http://centraldemangas.inf.br/titulos/seven-deadly-sins/manga/ler-online-completo/256
Hélder Miranda

Hélder Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.