Últimas Notícias
recent

Netflix: Mudo - Critica sem Spoilers



Olá, Olá Nerds! Assisti ao mais novo filme da Netflix, Mudo! Mais um filme com a pegada cyberpunk, este film noir é dirigido por ninguém mais, ninguém menos do que o filho de David Bowie, Duncan Jones e produzido pela rede de streaming.

O Protagonista do filme é Leo (vivido por Alexander Skarsgård), um homem mudo, que perdeu a capacidade de falar ainda na infância por causa do modo de vida Amish, ele tem um envolvimento amoroso com Naadirah, uma garçonete/prostituta de cabelo azul. Leo sai em uma busca por sua amada, após ela ir embora abruptamente após uma noite de amor.



A fotografia do filme é até bonita, cheia de cores neon, um clima psicodélico, com carros que voam, mas a ambientação cyberpunk para por aí, os equipamentos de  tenologia avançada não contribuem e absolutamente nada para a trama e o resto lembra um filme dos "tempos atuais". O CG dos carros voadores é triste de ver, dava pra fazer melhor com um pouquinho de capricho e After Effects... O figurino, que deveria representar a Alemanha é sofrível e tão genérico que poderia ser usado por figurantes de qualquer outra obra cinematográfica. Os elementos de tenologia avançada não contribuem e absolutamente nada para a trama



O Roteiro é triste, cheio de furos, fica muito complicado de saber que são os "vilões" do filme e quando finalmente decidem quem são os vilões, eles não convencem. Nem mesmo a presença do excelente ator Paul Rudd (Scott Lang/Homem-Formiga) melhora a situação. Os personagens são rasos e a motivação do protagonista é ridícula. Eles ate arranjam um propósito meio "Deus Ex-Machina" pra sua "caçada" mas isso só deixa o roteiro com mais buraco ainda.

O filme tenta ainda fazer críticas sociais e filosóficas, mas é tão raso que a crítica religiosa por conta do modo de vida Amish dos pais do protagonistas nem se quer chega a levantar uma discussão.

A Netflix tem apostado em tramas futuristas, ambientação cyberpunk, fez o excelente "Onde está Segunda", fez também as ótimas terceira e quarta temporadas de Black Mirror, pisou no tomate com Altered Carbon e agora faz o péssimo Mudo.


Nem vou me alongar muito, a nota do Rotten Tomatoes ta aí para não me deixar mentir: 8%!

Se o Debate Nerd recomenda?
Nao! Passe BEM longe desse filme.







Raphael

Raphael

Sou marido, pai, filho, pensador, psicologo (não por formação, mas por maioria de votos), NERD (e tenho orgulho disso), curto animes, mangás, HQs, séries, filmes, livros, vídeo-games, enfim, Nerd com "N" maiúsculo, curto heavy metal, power metal, metal progressivo. Sou cristão protestante e fé é questão de foro íntimo, respeite isso. Meus blogs são: vossavateologia.blogspot.com.br www.debatenerd.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.