Últimas Notícias
recent

Netflix: Seven Seconds: Crítica sem Spoiler



Olá, Olá Nerds! Maratonamos a nova série da Netflix: Seven Seconds! Desenvolvida por Veena Sud e Dirigida por Gavin O'Connor a obra é uma co-produção com a Fox e foi lançada pela rede de srtreaming no dia 23 de fevereiro de 2018.

 A Série narra a história da família de Breton Butler, um adolescente negro que foi atropelado por um policial. Peter Jablonski, o policial que atropelou o garoto (vivido por Beau Knapp), abusa de seus privilégios para tentar sair impune, ao mesmo tempo que a família de Breton tenta entender o que aconteceu e busca justiça. E isso é o máximo que vou dizer, para não dar spoilers.

Para quem gosta de tramas policiais com muito drama e suspense, Seven Seconds vai agradar, pois tem uma carga dramática gigante, conseguindo mostrar com muita fidelidade a dor que os pais sentem quando perdem seus filhos, as consequências dessa perda, a vontade de surtar, que muitas vezes se convertem em surto real, a sensação de impotência... Tudo, está tudo lá!



Além disso você verá a corrupção que toma conta de órgãos como a polícia, assassinato de testemunhas, aliança com traficantes, eliminação de provas. Está tudo lá também! Você ainda verá temas como preconceito racial e alcoolismo, ou seja, você verá uma série profunda, que vai te colocar para refletir e exercitar sua empatia!

O roteiro foi bem escrito e esta bem fechado, os poucos furos que tem provavelmente deverão ser explicados em uma segunda temporada, embora a primeira tenha sido bem fechada, há alguns cliffhangers deixados que poderão culminar em uma continuação.

Os personagens foram bem aprofundados, no decorrer da série, você consegue perceber as motivações de cada um, desde um problema com alcoolismo, até os descuidos pelo medo de perder mais um filho. A profundidade é tanta que chegamos a ter certa empatia até com os antagonistas. Não vou falar individualmente sobre eles pois teria que dar spoilers, mas as atuações foram fantásticas, destaque para Regina King, como Latrice Butler (mãe de Breton), Russel Hornsby como Isaiah Butler e Clare-Hope Ashitey como a advogada KJ Harper.



A fotografia está muito boa, uma palheta de cores mais neutras foi usada em muitas cenas para que dar ainda mais impacto em algumas cenas, pois há um contraste com o vermelho do sangue de Breton. As cenas gravadas em cenários que mostravam o rigor do inverno da região metropolitana de Nova York trazem a tristeza e o peso necessário para a trama e a gradativa mudança dos cenários vai colaborando com a mudança dos sentimentos. A série vai progredindo para cenários que lembram imagens primaveris, dando a entender que "este inverno está no fim", que "esse vale que estão passando terá sua conclusão", um trabalho verdadeiramente primoroso!


Seven Seconds é daquelas séries eletrizantes que não precisam de muitas cenas de ação, o suspense o drama são suficientes para te manter grudado na tela! Uma excelente produção, excelentes atuações e uma excelente história que vão fazer o expectador pensar.

Se o Debate Nerd Recomenda? Sem sombra de dúvidas! Recomendadíssimo



Raphael

Raphael

Sou marido, pai, filho, pensador, psicologo (não por formação, mas por maioria de votos), NERD (e tenho orgulho disso), curto animes, mangás, HQs, séries, filmes, livros, vídeo-games, enfim, Nerd com "N" maiúsculo, curto heavy metal, power metal, metal progressivo. Sou cristão protestante e fé é questão de foro íntimo, respeite isso. Meus blogs são: vossavateologia.blogspot.com.br www.debatenerd.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.