Últimas Notícias
recent

Nanatsu no Taizai Capítulo 260 Resumo

Por: Hélder Miranda- Momento de dar uma pausa na guerra, e conferir os arredores da trama, pois o amor bate a porta (ou melhor dizendo... derruba ela). Estarossa, o irmão mais novo de Meliodas, e mais velho de Zeldris, vai até os seus antigos companheiros (Derieri e Monspiet). O mandamento aparenta ter seus próprios objetivos, e conhecendo um pouco do personagem, podemos deduzir, que nada de bom vem por aí, a não ser destruição (galera... podem se preparar, porquê o capítulo da semana está completamente recheado, alguns dos pontos que já posso ir adiantando, são... traição, busca por poder, inveja, e realização de um sonho que nunca poderá ser alcançado, a não ser que faça cada coisa do que foi dito acima). Disto isto, vamos parar de enrolação e começar logo as análises do capítulo, sem mais delongas então, bora lá.

Como muitos já tinham visto, Estarossa foi ordenado por seus irmãos, a recuperar dois dos mandatos restantes, e no final do capítulo anterior, é mostrado o mandamento encontrando, o local onde "Derieri e Monspiet" estão, no entanto, havia um fator do qual o personagem não estava contando, que era a própria decisão dos demônios, de devolverem seus poderes para Zeldris (uma breve explicação sobre a decisão de ambos... fica por conta das ações de Elizabeth. Em uma luta decisiva pela sobrevivência, a princesa rejeitou a vontade de não ajudar um inimigo, e curou os dois mandamentos, sem pedir nada em troca, tal ação fez com que Derieri repensasse em suas escolhas particulares, outro fator que é dito por ela mesma, se trata da ajuda de uma humana. Enquanto eles ainda estavam feridos, a humana não só deixou os dois descansarem, como também, permitiu que eles usassem o local como abrigo). Olha pessoal, particularmente pra mim, tudo o que foi dito, deu para ter uma noção, a respeito da humanidade dos dois personagens (humanidade Hélder, mas eles não são demônios??) É, são... mas a humanidade que falo, na verdade, se trata das escolhas e o jeito de ver o mundo (em outras palavras... se pegarmos esses dois personagens de agora, e compararmos eles aos do início, a diferença ficará bem clara) sinceramente, a mudança é tão absurda, que dessa vez, nem tem como alguém argumentar o contrário (vale dizer, que eu mesmo estava muito confuso sobre o caso, mas os diálogos entre eles, me fizeram lembrar de certos pontos importantes... tem que falar a verdade, né??).

A chegada de Estarossa, não podia ter sido mais dramática, além de ter matado a moça, que havia dado abrigo aos dois ex mandamentos (Deriere ficou P da vida), ele ainda pegou a alma da humana para se deliciar, bem na frente dos dois demônios (as palavras e expressões do personagem, foram um tiro certeiro em Deriere). Mesmo com Monspiet pedindo para seu antigo companheiro, parar com suas ações, Estarossa demonstra não sentir nada, apenas fascinação pela desordem, ao tentar engolir a alma, Monspiet substitui o alimento vital, por uma maçã, deixando o mesmo sem uma reação momentânea (momentânea porquê....) logo depois do ocorrido, começa a batalha entre eles "Estarossa x Monspiet". Alguns golpes são apresentados em destaque, mas o que deixa o momento tenso de verdade, são as palavras usadas por ambos (reformulando... por Monspiet), se fosse uma batalha de rap, eu teria o meu candidato escolhido.

Que habilidade genial de Monspiet... o mandamento não só se saiu, de uma tranca certa, como também, provou ser bem cauteloso, quando o assunto é ataques decisivos (pra quem achou que o Estarossa teria vida fácil no combate... eu mesmo achei, pra falar a verdade. acabou errando feio ). Hora de destacar a real intenção do irmão mais novo de Meliodas, Estarossa de fato, é o que muitos já suspeitavam (traidor em busca de poder por causa de sua inveja... resumi bem, todos os detalhes). O objetivo chave do personagem, até que é bem simples, nada de tão complexo. O que chama a atenção dos leitores, é basicamente sua motivação (por mais que já tenhamos visto, tal elemento em outras obras, ainda sim, ficou bacana). Monspiet revela, que o filho do meio do rei demônio, na verdade, não nasceu com a escuridão padrão entre eles, sendo assim, o rei estabeleceu , que seu filho ganharia um de seus mandamentos (tal ato, fez com que o garoto gerasse a escuridão da qual todos estavam esperando), no entanto, mesmo com tamanho poder, ele ainda não se igualava aos seus outros dois irmãos, formando assim, uma lacuna sobre os três príncipes. No fim das contas, Monspiet utilizou mais uma vez, a sua habilidade, para trocar de lugar com a sua (aparentemente), "amada" (eu sei que tá óbvio... mas não custa nada ficar atento). A oportunidade, foi mais do que perfeita, para Estarossa definir o primeiro round (se liga na próxima, Deriere... se bem quê... pode não haver uma próxima).

E é isso pessoal, pra quem gostou do resumo e quer ver outros aqui mesmo no Debate, basta conferir nas nossas listas, sendo assim, até a próxima.

Link:http://cdmnet.com.br/titulos/seven-deadly-sins/manga/ler-online-completo/260


Hélder Miranda

Hélder Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.