Últimas Notícias
recent

Tokyo Ghoul Capítulo 163 Resumo

Por: Hélder Miranda- O rei Kaneki finalmente voltou para seus amigos, depois de uma conversa no outro lado com Rize (digamos que foi tudo meio), um pouco conturbado. O jovem líder caiu em si, e mais uma vez está preparado, mesmo estando no atual momento, bem frágil e por fora da situação, pelo que já podemos perceber (com base nos capítulos anteriores, e neste de numero 163), Ken terá que tomar partido sobre vários assuntos, todas as questões que estão sendo formadas, preenchem um vazio que torna o enredo ainda mais amplo... caso alguém pense porquê falo isso, a resposta na verdade é bem simples, se formos levar em conta, certas aparições na história, e acontecimentos que jamais foram pensados, com isso, o autor tem nas mãos grandes possibilidades, ele pode optar em levar sua história por diversos caminhos, o que complica mais a vida de quem gosta de fazer boas teorias, tudo na cabeça dos fãs ficará cada vez mais incerto (Boa em sensei). Mas vamos lá, pois eu falei muito, sem ter falado nada... é basicamente aquele tipo de momento sacana, onde temos a informação, só que ela terminou não sendo desenvolvida (claro que não vou deixar todo esse papo assim, a frente, irei detalhar mais um pouco), então sem mais delongas e enrolação, bora lá.

Como já disse, finalmente Kaneki acordou e está junto de seus amigos, só que antes de mostrar a interação entre ele e os demais personagens, o rei caminha sozinho pelas ruas do distrito, logo em seguida, Touka e Saiko aparecem para leva-lo de volta, pois o repouso no momento, é a grande prioridade, vale dizer, que o relacionamento de Saiko com seu (vamos chama-lo de professor), consegue passar uma boa sensação, como se fossem Pai e filha (mesmo que ela chame ele constantemente de mamãe... eu acho que é mamãe). Ao voltarem para a base, Kimi é chamada e examina novamente o estado de Ken, ela afirma que definitivamente o corpo do próprio, é um mistério completo, já era antes, mas agora explodiu de vez.

Caramba... como eu amo esses momentos (se controla rapaz.... Foi mal pessoal). Ver que tudo está bem entre Touka e Kaneki, sempre é bom, e agora que eles são casados, faz com que todas as cenas sejam... pra quem gosta de tudo certinho, lá vai, "páginas" (mágicas... vamos deixar assim), especialmente porquê não é mais necessário ficar com aquele tipo de pensamento, "vai autor, faz algo interessante", afinal como disse, eles já são casados, um completa o outro, marido e mulher (ou seria Ghoul e Ghoula... essa última foi só brincadeira.... eu sei que prometi parar, mas sai sem querer). No entanto, sinceramente eu estava esperando um pouco mais (de cara vou logo avisando, não estou dizendo que o capítulo foi ruim, ou qualquer outra coisa do tipo, beleza??), só esperava um diálogo em relação ao filho dos dois, sei que tal conversa pode não ter ocorrido, por motivos incertos, pois temos uma triste verdade aberta... afinal Touka perdeu o bebê?? Assim que a conversa entre eles, chegue a este ponto, saberemos, sim saberemos...

Depois que todos esclarecem, a situação atual dos distritos para Kaneki, o rei decide caminhar um pouco, Urie pede permissão pra acompanha-lo, e juntos com Saiko, eles partem. Tudo o que Urie sempre quis dizer ao seu mentor, ele fisga a oportunidade e descarrega, mas uma vez eu reafirmo para vocês, a mudança do personagem, é algo  realmente incrível e satisfatório, no diálogo entre os dois personagens  (Mestre e aluno), podemos enxergar claramente, o quanto Urie ficou maduro, e o melhor... em nenhum momento o autor precisou, ou até quis alterar, a personalidade do mesmo, tudo permaneceu em seu devido lugar, só houve apenas uma melhora.

Enquanto os três caminhavam pelas ruas, um garoto aparece perante eles, e os instintos de Urie como investigador, saem rapidamente, por mais que no momento atual, Ghouls e agentes sejam aliados, este tipo de situação não pode ser simplesmente ignorada (palavras do agente), no entanto, logo depois da abordagem, Kaneki percebe, que o garoto a sua frente, não é um simples Ghoul, mas sim um humano que inexplicavelmente (pra eles... pelo menos até então), está na forma de Ghoul, sendo assim, os piores eventos acabam ganhando forma novamente, desta vez uma epidemia bate a porta. A mais horrenda voz, ecoa sobre todo o distrito, Furuta voltou para o clímax final, e com ele já podemos deduzir, que uma companheira desagradável também se aproxima, basta agora aguardarmos os próximos capítulos, e ter a confirmação.

E é isso pessoal, pra quem gostou do resumo e quer ver outros aqui mesmo no Debate, basta conferir nas nossas listas, lembrando que saiu a nossa crítica do live action de Tokyo Ghoul, o filme agrega metade da primeira temporada, formando um arco fechado, vão lá conferir, sendo assim, até a próxima.

Link:http://somangas.net/leitor/tokyo-ghoul-re/163


Hélder Miranda

Hélder Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.