Últimas Notícias
recent

Nanatsu no Taizai Capítulo 274 Review

Por: Hélder Miranda- Os acontecimentos em "Nanatsu no Taizai" não param de surpreender o público (parece que o jogo virou, Estarossa tornou-se uma outra pessoa... sacaram?? Foi mal, um dia deixarei essas piadas de lado). Mesmo que o autor tenha nos apresentado está nova reviravolta na história, não podemos negar que algumas perguntas ainda faltam serem respondidas, inclusive, destaquei tais pontos na Review da semana passada, caso vocês queiram ficar atualizados, vão lá dar uma olhada (depois que terminarem, é só voltar). Agora que estamos por dentro de toda a verdade envolvendo o personagem Estarossa (ou mais precisamente... Mael), devemos ficar ainda mais atentos a tudo o que será entregue, pois o capítulo desta semana, promete aprofundar várias das lembranças apagadas. Dito isto, vamos parar de enrolação e começar de vez as análises do conteúdo, sem mais delongas então, bora lá.

Entre todos os pensamentos que foram mostrados no decorrer do capítulo, o mais relevante que merece ter uma certa atenção, fica sendo um bem particular que envolve o personagem Ryudoshel. Na review passada, fiz um breve comentário a respeito da administração que Estarossa senti pelo seu irmão Meliodas, no entanto (tudo isso não passava de uma grande mentira). Depois do autor nos proporcionar uma virada no enredo, Ryudoshel não se tornou apenas um espelho para seu jovem pupilo, até porque, outras citações ainda não haviam sido exploradas pela obra. Pelas informações fornecidas, ficamos sabendo que o personagem além de "mestre," também era o irmão mais velho do pequeno arcanjo (caso vocês estejam se perguntando, qual a utilidade de toda essa explicação, basicamente, o porque dessas palavras é o seguinte... No conteúdo anterior, não havia ficado tão claro, que Mael possuía algum tipo de parentesco com Ryudoshel, mas neste novo material, tal resposta acabou ganhando seu espaço na trama, deixando tudo bem mais explicadinho... Nossa que definição fofa).

Outro pensamento que vale à pena comentar, trata-se da rejeição do personagem Mael (na verdade, nem sei se posso chamar tal coisa de rejeição, pois pelo que ele mesmo fala, a princesa do clã das deusas, nunca deu muita bola para os sentimentos do companheiro... Opa, antes que alguém interprete errado o que acabei de citar... Não é que ela tenha rejeitado de fato o amor que Mael sentia por ela, a garota sequer sabia da paixão escondida de seu amigo), em outras palavras, Elizabeth sempre suspirou pelo príncipe do clã inimigo. Em um dos quadros da página deste novo capítulo, fica claro que as ações de Mael contra seu antigo clã, tornaram-se absurdas, é interessante que mesmo atuando como Estarossa, seus pensamentos continuam operando de forma aberta e extremamente realista, deixando na cara que suas escolhas estavam praticamente no automático (e assim, seu sofrimento se iniciou por vários anos). Vale dizer, que aparentemente, foi ele o causador da primeira morte da princesa Elizabeth (ou pelo menos, o primeiro a tentar), talvez na próxima semana, o nosso sensei aprofunde mais está questão particular.

Meus amigos, o que foram (ou que ainda está sendo), esses comentários contrários a respeito do personagem Gowther... Primeiro, não é novidade que ele seja o pecado mais odiado, desde o fim do arco inicial da obra, até porque, acredito que a intenção do autor tenha sido exatamente está, deixar a sensação que o personagem não passa de um mero... Vocês já sabem. Sinceramente, nem tenho muito o que argumentar para poder defender as ações do boneco, pois enquanto lia os comentários dos fãs, só conseguia pensar no tanto de verdades que muitos estavam escrevendo, mesmo que uma defesa acabe se encaixando no contexto da história, ainda sim... O que ele fez para por um fim na guerra (caramba, foi tenso). Pelo menos assim, alguns começaram a criar um pouco de empatia por Mael, diferente de algumas semanas atrás, agora todos entendem bem a realidade dos eventos atuais, e se alguém falar que nunca criticou o arcanjo, enquanto achava que ele era o próprio mandamento Estarossa... Vão ser mentirosos ali no canto. Antes de encerrar a review, devo dizer quê... Por favor, entendam também o lado do boneco Gowther, por mais que ele tenha sido um filho da mãe no passado, lembrem-se que o personagem estava apenas realizando os desejos de seu criador (Gowther verdadeiro).

E é isso pessoal, se gostaram da Review e querem ver outras aqui mesmo no Debate, basta conferir nas nossas listas, sendo assim, até a próxima.

Link:http://cdmnet.com.br/titulos/seven-deadly-sins/manga/ler-online-completo/274



Hélder Miranda

Hélder Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.