Últimas Notícias
recent

Hotel Artemis - Poderia ser uma série, mas é filme - Crítica sem Spoiler


Olá, olá Nerds! Assistimos Hotel Artemis, filme dirigido por Drew Pearce, que está debutando como diretor de cinema! Isso mesmo esse é o primeiro filme que ele dirige (além de produzir e fazer o roteiro) e a ideia é ambiciosa! Thriller de Ficção, futuro pós apocalíptico, um "que" de Cyber Punk, um hospital de bandidos disfarçado de hotel... Idéias excelentes, que tem potencial para produzir um filme épico, mas a execução... ah, a execução...

O Plot é sensacional, a ideia de ter uma cidade de Los Angeles beirando o caos, com diversas rebeliões, toque de recolher e no meio disso haver um hospital dedicado a curar bandidos disfarçado de hotel parece receita para uma história perfeita, mas o roteiro tem uma quantidade impressionante de furos, coisas que vão atrapalhar a experiência, que vão fazer o espectador coçar a cabeça e dizer "então para que serviu isso?"



Os personagens são tratados por codinomes, esses codinomes são cidades de diferentes lugares do mundo, Nice, Waikiki, Honolulu, Niagara, Everest etc, além da protagonista "A Enfermeira" vivida por Jodie Foster. Infelizmente os personagens são rasos, descartáveis e simplesmente não funcionam. Algumas cenas foram criadas para gerar empatia, mas para que isso acontecesse, os personagens precisariam ter tido muito mais aprofundamento, demoraram tanto para ser apresentados que não deu tempo para desenvolvê-los. O maior "vilão" do filme só serve para justificar um dos traumas da Enfermeira e é ruim que dói (e ele não é "ruim" em um sentido "bom" rs)

Um destaque vai para a atuação de Jodie Foster, que conseguiu fazer milagre e mostrar bem como agiria uma mulher amargurada pela vida, com síndrome do pânico, crise de ansiedade e depressão que é paga para curar bandidos, em muitos momentos parece que perdeu a sua humanidade.



Outro destaque é para a direção de imagem e de fotografia, que conseguiram inserir o espectador em um ambiente claustrofóbico sem perder o "aconchego" de um hotel antigo, além de conseguir descrever a personalidade dos personagens simplesmente com o estilo de roupa de cada um e a palheta de cores utilizada. Fantástico!

O CGI das holografias ficou bem fraco, em muitos momentos pareceu 2D, mas tudo bem, o orçamento do filme foi bem modesto: US$ 15M.

Mas você pode concluir "então o filme é horrível!" E Eu vou dizer que não, não é horrível, a ideia é fantástica, mas o pouco tempo do filme colaborou para que ele não fosse bem desenvolvido, ficaria muito melhor se fosse uma série, ao estilo Netflix, com 10 episódios por temporada, cada episódio inserindo um personagem, aprofundamento do ambiente social, econômico e político dessa Los Angeles pós apocalíptica e a inserção de outros valores que poderiam melhorar a narrativa.

Pra finalizar, Hotel Artemis é uma obra inacabada, com diversas possibilidades e que precisaria de, pelo menos, mais um filme para aprofundar, entretanto creio que não terá bilheteria suficiente para tal, espero que uma Netflix ou CW da vida enxergue o potencial que tem nisso e transforme numa série.

Se o Debate Nerd recomenda? Queria muito, pois eu até gostei do filme, mas não recomendo... Assista por sua conta e risco

O lançamento será no dia 30 de agosto de 2018!


Raphael

Raphael

Sou marido, pai, filho, pensador, psicologo (não por formação, mas por maioria de votos), NERD (e tenho orgulho disso), curto animes, mangás, HQs, séries, filmes, livros, vídeo-games, enfim, Nerd com "N" maiúsculo, curto heavy metal, power metal, metal progressivo. Sou cristão protestante e fé é questão de foro íntimo, respeite isso. Meus blogs são: vossavateologia.blogspot.com.br www.debatenerd.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.