Últimas Notícias
recent

Netflix: (Des)Encanto: Quando Simpsons encontra Game Of Thrones - Crítica sem Spoilers


Olá, olá Nerds! Maratonamos a nova série da Netflix e de Matt Groening, o criador de Os Simpsons, (Des)Encanto.

Os traços e o humor característicos de Matt Groening, que ja conhecemos de Simpsons e Futurama estão de volta nesta animação, mas diferentemente das duas primeiras, (Des)Encanto tem uma trama central, que norteia a série. Nas obras anteriores, cada episódio é isolado, não havendo uma história contínua.

Além disso o humor está mais adulto (bem mais, diga-se de passagem) com muitas piadas de humor negro e situações que não podem ser vistas por crianças (rs)

A série conta a história da princesa Bean, de Dreamland que por diversas situações e vê em companhia de um demônio chamado Luci e de um elfo chamado Elfo. O objetivo da princesa é ser livre e poder encher a cara à vontade. A protagonista é politicamente incorreta, alcoólatra e debochada, ela representa a mulher que luta contra o sistema e busca a igualdade. Interessante o fato da série se passar durante a Idade Média (o que faz dar o ar de Game of Thrones), pois foi um dos períodos que a mulher teve menos voz!

Cada capítulo tem uma quantidade muito grande de referências a contos de fadas e outras histórias, dentre as que eu notei: A Dama e o Vagabundo, Robin Hood, João e Maria, Gato de Botas, O Exorcista, O Chamado, Mama e várias outras.

Não é um primor de série, mas garante algumas boas risadas, embora pareça que não houve muita liberdade criativa. Mesmo fora do crivo da Fox e com a garantia de que a série não será exibida em TV aberta, parece que Matt Groening não teve a oportunidade de trabalhar com a mesma liberdade de  Os Simpsons e Futurama, mas ainda assim é bem engraçado!

Se o Debate Nerd recomenda? Sim, vale a pena!



Raphael

Raphael

Sou marido, pai, filho, pensador, psicologo (não por formação, mas por maioria de votos), NERD (e tenho orgulho disso), curto animes, mangás, HQs, séries, filmes, livros, vídeo-games, enfim, Nerd com "N" maiúsculo, curto heavy metal, power metal, metal progressivo. Sou cristão protestante e fé é questão de foro íntimo, respeite isso. Meus blogs são: vossavateologia.blogspot.com.br www.debatenerd.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.