Últimas Notícias
recent

Nanatsu no Taizai Capítulo 282 Review

Por: Hélder Miranda- A espera acabou... Finalmente, o mangá de "Nanatsu no Taizai," trouxe a resolução da batalha dos pecados contra o arcanjo corrompido Mael. Antes de mais nada, devo dizer, que a conclusão final deste acontecimento, não chegou a ser algo imprevisível ou fora do comum, na verdade, terminou sendo totalmente o contrário, muitos de vocês inclusive, devem ter pego a ideia antes mesmo dela ser apresentada no enredo da obra. Sinceramente, minha única surpresa, é que o autor mais uma vez, resolveu andar pra trás em relação ao destino de Gowther (mas especificamente... Morte do personagem) tudo no material, deixava praticamente certo, que veríamos uma despedida digna da marionete (até houve a utilização do grande amor do pecado) porém, tal coisa acabou ficando de lado. Dito isto, vamos parar de enrolação e começar de vez as análises do capítulo, sem mais delongas então, bora lá.

Pra ninguém vir depois me xingar nos comentários, vou logo mandar a real sobre minha visão particular. Primeiro de tudo... O capítulo não foi ruim, mesmo sem apresentar pontos que na minha perspetiva, seriam escolhas melhores para o desenvolvimento do enredo, ainda sim, o autor conseguiu balancear bem, todas as suas execuções.

Como já falei nas Reviews passadas, minha aposta estava ligada a morte do pecado Gowther, justamente por ser algo que fazia bastante sentido (meio que um tipo de redenção para o personagem) mas o caminho escrito pelo autor, acabou sendo outro, e num todo, até que não foi tão ruim assim. É interessante, ver que nos momentos finais de Mael, o antigo aliado do clã das deusas, se permitiu sonhar pela última vez, trazendo toda uma carga emocional e eficaz para o capítulo. Um ponto que casou muito bem nesta página específica, é que o sentido da presença de Gowther, vai bem mais além, do que uma simples tentativa de trazer o arcanjo para o lado bom da luz (parece não haver muita lógica, mas até a luz, possui sua parte escura, principalmente, tradando-se das obras japonesas). Juntamente com o roteiro bem representado, temos o significado maior, das atividades exercidas pelo boneco (pra simplificar) basicamente, seus poderes mentais o colocaram como a pessoa certa para o serviço.

Acho que ninguém esperava por essa... Caramba, essa sim, foi uma ótima jogada feita pelo sensei, explicar o porque do designer de Gowther, ser tão parecido com o de uma garota... Sinceramente, não esperava mesmo. Pra quem se perguntava até hoje, o motivo de tal decisão do autor, taí sua explicação, ao que parece, erraram as pessoas que acharam ser um fetiche do mangaka.

Nós não só tivemos a explicação do designer afeminado de Gowther, como também, a revelação do porque que Mael foi o escolhido entre dois dos mais poderosos de seu clã. Como vocês acompanharam, basicamente, o motivo real para decidir quem seria usado no jogo de marionetes do feiticeiro Gowther, foi simplesmente a doce e pura velha vingança (isso mesmo, tudo por uma mulher) em outras palavras, o verdadeiro Gowther, uniu o útil ao agradável, formando a engrenagem perfeita. Sendo assim, qual lição nós aprendemos hoje?? Nunca, jamais... Encoste numa mulher desconhecida, procure primeiro saber, a quem ela está seguindo.

Outra questão bem interessante apresentada no capítulo, são os mandamentos tentando tomar posse do corpo de Mael, que pelo visto, mesmo estando morto, ainda sim, ele poderá ter seu "templo" invadido (parece que esses quatros poderes, combinam perfeitamente com a palavra parasita). Para a felicidade dos nossos heróis, Mael não apenas se libertou do mal, como já fez uma boa ação ao retornar novinho e folha (aliado de peso?? Possivelmente sim) agora resta esperar, os próximos eventos da obra, e torcer pra que o futuro, reserve momentos mais impactantes.

E é isso pessoal, se gostaram da Review e querem ver outras aqui mesmo no Debate, basta conferir nas nossas listas, sendo assim, até a próxima.

Link:http://cdmnet.com.br/titulos/seven-deadly-sins/manga/ler-online-completo/282













Hélder Miranda

Hélder Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.