Últimas Notícias
recent

Boruto Naruto next generation Capítulo 32 (Review)

Por: Hélder Miranda- A luta entre Naruto e Delta contínua bem tensa, além de abrir possíveis possibilidades para acontecimentos futuros. No capítulo anterior, muitas pessoas reclamaram da pressão que o Naruto estava tomando de sua adversária, mas felizmente, o conteúdo deste mês, cravou definitivamente, uma certeza que já havia apontado nas reviews anteriores (basicamente, boa parte do público fez barulho antes da explicação chave, algo comum na comunidade geek). Vale deixar claro, que não estou tentando jogar na cara ou afirmando nada (como se fosse o senhor da razão) na verdade, alguns pontos também criticados negativamente pelos fãs (uma parte pelo menos, sem querer generalizar) acabam batendo com pensamentos particulares que tenho em mente, sendo assim, não achem que fico passando a mão na cabeça da série, tanto até, que irei pontuar questões falhas do roteiro. E dito isto, vamos parar de enrolação e começar de vez as análises do capítulo, sem mais delongas então, bora lá.

É, pelo visto, os responsáveis por Boruto irão continuar ignorando a presença de Koji, aparentemente, até soltarem de vez a ideia planejada (isso mesmo... Acredito que eles tenham algo para mostrar como surpresa, porém, caso nada aconteça... Bom, vai ser um pouco decepcionante, não ruim, pois nem é obrigação deles).

Sobre o capítulo em si, o que podemos tirar no bruto, é que será muito interessante o formato animado da luta, principalmente, porque focaram bastante na coreografia.

Sem grande enrolação, é hora de falar da dança. Pra quem não entendeu, ou está se fazendo de desentendido, em resumo, o nosso querido Kawaki, serviu nesse capítulo como uma espécie de intérprete. Basicamente, o agregado dos Uzumaki explica para Boruto a real situação do confronto, enquanto o protagonista continuava de boca aberta e achava que seu pai estava sendo pressionado, Kawaki revela que na verdade as coisas não são bem assim (tenho certeza que o roteirista colocou tais palavras pra tacar um XIIIIIIUUU... afinal, ninguém queria saber de respostas, apenas cravar o ódio em cima da série). Segundo o garoto, Naruto estava conduzindo uma dança com Delta, e além disso, ele mesmo sabia de todas as seguintes que ainda viriam, em outras palavras, o Hokage queria distância-la das crianças, sem contar quê... Todo caminho levaria até um golpe definitivo (isso se o Boruto não tivesse sido ele). Sabemos que o pequeno Uzumaki só queria salvar seu pai (acredito que todos nós faríamos o mesmo) mas ainda sim, reconheço que bate aquela ponta de 'caramba Boruto, você não ouviu as palavras do Kawaki??? Seu pai é fo**' então, digamos que fica meio a meio.

Himawari??? Com toda certeza, você não deveria ter feito isso Delta (Mano, se o Naruto não soltar aquela frase 'acha que pode ameaçar os meus filhos' sinto dizer que ficarei um pouco chateado).

Antes de encerrar, vale comentar o tanto de habilidades absurdas da inimiga (e o pessoal acha super louco ela dar pelo menos uns "empurrão" no Naruto). Pelo que foi apresentado nesse capítulo como forma de explicação, os feitos do Naruto e a presença atual dele, provam ainda mais o quão incrível ele é (reflitam).

Sim galera... Concordo com todos que pensam 'o Naruto poderia ter feito alguns clones pra pelo menos retirar as crianças dali' porém, como já expliquei em outras reviews, não podemos desconsiderar o fato delas estarem mais seguras do lado dele (por incrível que possa parecer). Quanto aos clones... Bom, ele é tão ele (absurdo de forte) que deve achar desnecessário recorrer a está saída (sei que parece meio idiota, mas se vocês pararem para analisar, irão perceber que faz um pouco de sentido, peguem por exemplo o Naruto do clássico, e revejam toda a trajetória dos clones, conforme seu nível aumenta, o número de uso dos clones só diminui).

E é isso pessoal, se gostaram da review e querem ver outras aqui mesmo no Debate, basta conferir nas nossas listas, sendo assim, até a próxima.

Link:http://cdmnet.com.br/titulos/boruto/manga/ler-online-completo/032


Hélder Miranda

Hélder Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.