Últimas Notícias
recent

O Príncipe Dragão 'Segunda Temporada' (Crítica com spoilers)

Por: Hélder Miranda- A segunda temporada de 'O Príncipe Dragão' acabou de ser adicionada ao catálogo da Netflix (mais precisamente falando... Ontem). Por ser uma animação que soma num total apenas nove episódios, a facilidade para terminá-la sem que alguém diga 'ahh, depois eu assisto' é bem mais alta do que de costume (e sinceramente meus amigos... Vocês nem vão precisar falar ou pensar em algo desse tipo, afinal, está temporada é uma melhoria muito significativa comparada a anterior, não que a primeira seja ruim, longe disso, porém, faltaram algumas coisinhas). Dito isto, vamos parar de enrolação e começar de vez as análises da temporada, sem mais delongas então, bora lá.

São tantas coisas boas, que com certeza algumas ficarão de for (vou acabar me esquecendo).
                               (Sim...)
                               (Sim...)
                         (SIIIMMM...)
Callum e Rayla- Começando pelos personagens centrais da série (calma, irei falar do Ezran mais pra frente) temos um desenvolvimento bem caprichado em cima dos protagonistas. A decisão do roteirista de explorar a jornada de Callum como um mero humano, trouxe simplicidade o bastante para definir conceitos importantes da personalidade dele. Desde a sua aceitação momentânea em não conseguir dar a volta por cima, até se tornar o primeiro de sua espécie (É o que sabemos...) na vitória de conjurar magia 'magia pura' caramba, é de tirar o chapéu. Rayla por sua vez... Caramba novamente. A personagem vem mostrando que consegue se sustentar sozinha de uma maneira incrível, valendo lembrar os acontecimentos da primeira temporada, onde a mesma brilhava sempre (não é por menos que ela termina sendo a minha personagem favorita) sem contar quê, a lindíssima elfa já mita logo em um dos primeiros episódios desta segunda (quando aperta o espinho pra continuar acordada 'obs, fiquei maluco nessa cena'). Callum e Rayla?? Siiimmm... Caramba pela terceira vez. Antes que alguém ache que pirei, basicamente, estou torcendo por um romance entre os dois personagens 'mas eles são diferentes Hélder' não tô nem aí, no início da série tive esse pensamento, e agora só espero uma conclusão (aparentemente os roteiristas estão de olho 'felizmente'). Minha reação na hora em que a Rayla quase se confessou... Sorrisão 10/10.
(A grande maioria dos personagens se saíram muito bem)
Sobre o Ezran, não tenho muito o que comentar, apenas que ele tomou a maior decisão feita por um personagem nesta temporada (esse garoto foi a um nível absurdo no meu conceito). Tirando o fato de ser algo extremamente corajoso em termos de escolha criativa, tal ação, só fará com que o personagem cresça ainda mais (será um grande rei).
(A animação também melhorou 'ps: está imagem não é dessa nova temporada)
Outro ponto importante que me agradou bastante, foi o nível de humor colocado na série, com certeza, bem maior do que a primeira. O bacana da adição (ou melhor) do aumento, é que não são simplesmente meras piadas, mas também, diálogos levemente bem construídos, com interações super acertadas, e sarcasmos lá no teto, em resumo, você se diverte junto.

Infelizmente, a temporada não foi perfeita, houve sim, alguns erros durante os acontecimentos, porém, já vale dizer, que nem de longe  chega a atrapalhar. Entre os problemas vistos, nós temos... Feitiço certo saindo do nada para vencer o Dragão (poderiam ter dado uma preparada melhor) Irmão absurdamente mais idiota (pelo menos, ele mostrou a honra de ser um cavaleiro, e não matou uma pessoa desacordada) e por fim... Problema/paralisia sendo resolvido rápido demais (esse até relevo, pois já houve dicas dos poderes de Ezran).

No geral, está temporada de 'O Príncipe Dragão' se provou superior praticamente em todos os elementos, deixando somente falhas pequenas que não diminui a sua grandeza, sinceramente, depois desta segunda temporada, o meu hype para a terceira... Caramba, é absurdo. Sendo assim, é por essas e outras que a nota de 'O Príncipe Dragão' ééé... ( 4 ) ÓTIMA.


Hélder Miranda

Hélder Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.