Últimas Notícias
recent

Punho de Ferro é muito ruim! - Crítica sem spoilers

Olá, Olá Nerds! Um dos lançamentos mais aguardados de 2017, sem dúvidas, era Punho de Ferro. Primeiramente pelo fato de ser o ultimo membro dos Defensores a aparecer. Em segundo lugar por trazer elementos místicos que, sem dúvidas, agregam valor às histórias de Danny Rand. Em terceiro lugar, pelo fato do Punho de Ferro ser um dos maiores artistas marciais do universo Marvel. A reunião desses três elementos fariam uma série incrível!





Pois é, "fariam", pois o que a Netflix entrega nesta série fica muito aquém do que se esperava. Uma trama fraca, personagens sem carisma, protagonista desorientado fizeram de uma série que tinha tudo pra dar certo, um verdadeiro fiasco. O primeiro episódio promete uma série interessante, mas ao chegar no quinto episódio você já começa a se perguntar porque esta gastando tanto tempo assistindo aquilo, chegando ao décimo terceiro, você entende que teria sido melhor assistir os episódios de Patrulha canina com sua filha...

Vamos aos personagens

Danny Rand/Punho de ferro:



Uma mistura de Forest Gump com Tonho da Lua, um ser humano completamente desorientado, afixionado por Joy Meachum (ao melhor estilo Tonho e Rutinha) que acha que vão acreditar em sua história mesmo depois de ter passado 15 sendo dado como morto. Em vários momentos não dá pra saber se o personagem é realmente um místico ou se está de sacanagem, seu poder, O Punho de Ferro, é mais um para derrubar portas do que para ser, de fato, útil.

Colleen Wing:



Uma personagem "isentona", que alterna momentos em que colabora com o herói e outros em que diz "não quero me envolver". Sem sal, sem açúcar, completamente dispensável, aparentemente nem ela acredita no código Bushido que ela segue...

Joy Meachum: 


Talvez a melhor personagem da trama, ainda assim, deixa muito a desejar. Alterna momentos de uma vilania que nos faz suspirar, dignas do Rei do Crime interpretado pelo Vincent D' Onofrio, com momentos de idiotice emocional. Ainda assim, é a personagem que eu mais gostei.

Ward Meachum: 


Nos quadrinhos ele é irmão de Harold Meachum, tio de Joy, na série, ele é filho de Harold. Longe da vingança que queria contra punho de Ferro, Ward está mais para um bebe chorão filhinho de papai do que propriamente um vilão, mas um personagem desastroso

Harold Meachum: 




Teria sido bom vilão, manipulador, sem caráter, mesquinho que só ama a si mesmo se ele não fosse apenas uma marionete do Tentáculo (sim, o mesmo tentáculo que recrutou Elektra).

Bem, talvez eu nunca tenha feito uma crítica tão severa a uma série, mas o que a Netflix fez com Punho de Ferro é um desserviço, espero que mudem o roteirista e o diretor, pois a série precisa melhorar MUITO para chegar no nível de Demolidor, Jessica Jones e Luke Cage.

Talvez seja culpa do Trump...

E vocês, ja assistiram Punho de Ferro? o que acharam? deixem seus comentários abaixo e em nossos perfís nas redes sociais.



Raphael

Raphael

Sou marido, pai, filho, pensador, psicologo (não por formação, mas por maioria de votos), NERD (e tenho orgulho disso), curto animes, mangás, HQs, séries, filmes, livros, vídeo-games, enfim, Nerd com "N" maiúsculo, curto heavy metal, power metal, metal progressivo. Sou cristão protestante e fé é questão de foro íntimo, respeite isso. Meus blogs são: vossavateologia.blogspot.com.br www.debatenerd.com.br

4 comentários:

  1. Até a carne podre no Brasil e o aumento das marés é culpa do Trump...obviamente.

    ResponderExcluir
  2. Achei uma perda de tempo também. Muito fraco. Nem se compara à primeira temporada do Demolidor.

    ResponderExcluir
  3. João Henrique carneiro8 de abril de 2017 18:43

    Série legal,vcs são uns merdas nesse site

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Fera, contra-argumentação excepcional! Tão Excepcional que deveria ser tratado na AACD... otário...

      Excluir

Tecnologia do Blogger.