Últimas Notícias
recent

Brasil Game Show 2017 (BGS #10) - Dragon Ball FighterZ (Review)

Olá, Nerds!

Jogamos a beta de Dragon Ball FighterZ  na Brasil Game Show, sendo a versão que já tem disponível para jogar os personagens: Mirai Trunks, Piccolo, Kuririn e os Androides nº18 e nº16.


Jogamos a nova demo de Dragon Ball FighterZ na BGS 2017, e claro que não poderiamos deixar de comentar sobre os novos personagens que estão disponíveis nessa versão demostrativa do game.

Kuririn:


É um personagem balanceado que consegue ser efetivo em ataques a curta e longa distancia, claro que se você for comparar  com outros personagens, você vai perceber que ele é inferior em ambos os aspectos a alguns personagens, o que é normal, já que tem personagens que são mais focados em ataques a distância e outros em combates a curta distancia. Kuririn não é um dos personagens mais simples de se jogar, você precisa de um pouco mais de técnica para conseguir explorar melhor as capacidades do personagem, mas ele não é um dos mais difíceis, já que é possível se adaptar ao personagem relativamente rápido. Kuririn tem ataques especiais como o Kienzan, e o Scatter Kamehameha, que dispara um Kame Hame Ha e que se separa em vários ataques, dificultando para o oponente se defender, ele também tem em seu arsenal o Zanzoken para confundir os oponentes.

Piccolo:



É um personagem que me surpreendeu, a gama de recursos que Piccolo possui é vasto sem falar que as técnicas Makankossapou (um ataque que pode perfurar o adversário), Hellzone Granade (que envolve o inimigo com um grande número de explosões de ki e atinge o oponente de uma vez) e o Light Grenade (que é uma onda de energia de médio alcance que causa danos ao oponente) estão excelentes no game. O personagem é complexo de se jogar, sendo preciso mais tempo para adaptação, por isso não recomendável para jogadores que não estão acostumados a personagens com  jogabilidade mais complexa.


Mirai Trunks:


Trunks ao meu ver é um dos melhores personagens da demo para se jogar (o outro é o Goku), já que ele tem um repertório de técnicas bem abrangente, além de ser possível fazer combos variados que são bem eficientes na questão de dano. O personagem é mais complexo de se jogar se compararmos a Goku por exemplo, mas não tanto quanto Piccolo, sendo que se você se dedicar a aprender jogar com o personagem. Trunks pode ser extremamente apelativo. Mirai Trunks terá no jogo as técnicas Burning Attack, Shining Slash e Home Dome Attack.


Androide nº18:


A personagem está muito bem no game, suas técnicas são boas e possui uma grande variedade de combos, além que quando você joga com a Androide nº18, tem alguns golpes da personagem na qual ela chama o Androide nº17 ( inclusive no especial que é sensacional). A personagem assim como Trunks e Kuririn é um pouco mais complexa de se jogar mas nada que você não se adapte em um curto período.


Androide 16:




O Androide nº16 é um dos personagens  mais difícil de se jogar da demo, já que além de ser um personagem  lento( similar ao Majin Boo), também é um personagem de combate a curta distancia que utiliza muito o agarrar em seu golpes, logo se você não está acostumado com esse tipo de personagem não recomendável jogar com ele de cara. Um dos pontos positivos é que seus ataques e combos causam um bom dano, além que os especiais que nesse quesito é muito apelativo, o Hell's Flash já causa muito dano mas o especial de auto destruição é um absurdo (vai mais da metade da barra de HP) claro que você fica praticamente fica sem HP, mas mesmo assim compensa muito usar esse especial, por que é praticamente garantido que o adversário vai ser derrotado.


Pessoal espero que tenham gostado, e fiquem atentos ao site para mais matérias sobre Dragon Ball FighterZ.


Dragon Ball FighterZ será lançado em fevereiro de 2018 no PS4, Xbox One e PC.



Iran Tomas Neto

Iran Tomas Neto

Jamais caia, roube, engane ou beba... Se for cair, que seje nos braços de seu amor; Se for roubar, roube boas amizades; Se for enganar,engane a morte; E se for beber, beba nos momentos de tirar o seu folêgo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.