Últimas Notícias
recent

Tokyo Ghoul re Capítulo 171 e 172 Review

Por: Hélder Miranda- Olha só quem está de volta... Isso mesmo, o novo resumo de "Tokyo Ghoul re," desde já, peço desculpas pelo atraso das postagens do mangá, devido a alguns problemas, não consegui colocar os artigos a tempo, beleza?? Estou perdoado?? (Fingirei que a resposta foi sim). Como não pude colocar o resumo da semana passada, darei minha opinião sobre os melhores pontos, logo depois, falarei sobre o capítulo atual. O fim está próximo... É apenas isso, que se apresenta em meus pensamentos, duas lutas super aguardadas, tiveram seu fim nesses últimos capítulos da obra, mesmo com um desfecho não tão bom (pelo menos na minha opinião), o diálogo entre Uta e Yomo, serviu para garantir um dos momentos mais bacanas, referenciando acontecimentos da história (pra mais detalhes, favor seguir em frente). Dito isto, vamos parar de enrolação e começar de vez as análises do capítulo.

Primeiramente gostaria de dizer, que esses dois últimos capítulos de TGR, salvaram o dia, motivo?? Bom, digamos que certos conteúdos fornecidos pelo nosso grandioso sensei, não vinham despertando o interesse adequado, por exemplo... Tais capítulos, não estavam sendo dignos de pertencer ao enredo da obra como um todo (sacaram a ideia??) Em outras palavras, mesmo que fosse um andamento comum da história, elementos essências para nos prender, ficaram em falta, nada de tão absurdo, na verdade, deixarei estas palavras mais como um alerta. Agora fixando no que realmente vale destacar... Tivemos o discurso de Yomo, na finalização de sua vitória contra Uta, que sinceramente, não foi exatamente o resultado esperado pelo personagem, basicamente, sua determinação, não era restaurar seu amigo, mais sim, mostra-lo o outro lado da vida, sem a agonia de lutar pela sobrevivência deles mesmos, o mundo que ambos enxergam, não é infinito ou único, basta abrir bem os olhos, que assim ele também poderá ver. Como inspiração, Yomo cita o relacionamento de Touka e Kaneki, juntamente do filho que os dois estão esperando, pra ele, não importa se Uta voltará a atacar, desde que suas raivas e dores sejam apenas direcionadas a ele, tudo ficará bem, só não interfira nessa família que está sendo construída (já sabemos que Yomo será um "avô" babão).

Também tivemos no capítulo anterior, a definição da batalha entre pai e filho, porém, nada de tão relevante aconteceu, apenas o básico de uma reviravolta manjada. Agora nesse novo... Isso sim, pode ser considerado como um momento valoroso, mas, deixando as formalidades de lado, a cena protagonizada por Amon e o líder dos palhaços, trouxe uma certa verdade. Na página em questão, Amon conta que sabe tudo o que seu velho fez na vida, ele até o define como um vilão, no entanto, sentimentos são colocados a prova. Mesmo tendo conhecimento sobre as atrocidades realizadas por seu pai "adotivo," o personagem não deixa de ama-lo, mesmo que saiba, o número exato de todas as crianças mortas, e que sofreram sem poder se defenderem, ainda sim, ele o ama. Não podemos simplesmente discutir tal definição, pois, por mais difícil que seja, amor é amor, tudo bem quê... Muitas pessoas conseguem separar e definir o certo do errado (não que Amon seja um caso perdido sobre o assunto), pelo contrário, ele também tem essa definição em seu caráter, infelizmente, o amor que ele sente não pode ser reprimido, mesmo que seja de sua vontade. Pela escolha de trazer tais questionamentos, particularmente, gostei bastante das decisões criativas do autor, desta vez, o resultado da jogada e a montagem do conteúdo, foi bem elaborado.

Nas páginas finais, ainda tivemos alguns vislumbres do que vem por aí, Kaneki vs Furuta (quem sabe depois... Uma aparição inesperada de Rize?? Seria bacana, vamos aguardar). Especificamente falando da cena final, a personalidade quebra dedo de Ken, parece estar vindo com tudo (na verdade, ele só estrala), mas, Furuta prova que se tratando de força extrema, ele não fica pra trás, sendo assim, que o combate comece, e o dia chegue logo.

E é isso pessoal, se gostaram do resumo e querem ver outros aqui mesmo no Debate, basta conferir nas nossas listas, dito isto, até a próxima.

Link:http://somangas.net/leitor/tokyo-ghoul-re/172


Hélder Miranda

Hélder Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.