Últimas Notícias
recent

Tokyo Ghoul re Capítulo 174 Review

Por: Hélder Miranda- Mas um capítulo de "Tokyo Ghoul re" acaba de ser entregue (tá bom, sei que já passou um dia inteiro), dessa vez, os eventos apresentados mostram uma complementação da luta de Kaneki contra Furuta, porém, a conclusão do embate ficará para outros novos conteúdos. Como no capítulo anterior, além da luta entre os dois personagens, ainda tivemos novas informações sobre o passado do antagonista da obra, pra quem nunca foi grande fã do personagem, agora terá a chance de ver mais profundidade em seu desenvolvimento particular (caso este seja o motivo de não suporta-lo). No entanto, os acontecimentos gerais foram basicamente estes, nada de tão brilhante, tratando-se de algumas questões específicas, tentarei extrair mais detalhes, certo?? Beleza. Dito isto, vamos parar de enrolação e começar de vez as análises do capítulo, sem mais delongas então, bora lá.

Antes de mais nada, devo confessar algo para vocês... Sinceramente, não curto muito quando mostram apenas o desenrolar de um momento especifico da história, na minha opinião, tem que ser tudo bem dinâmico, como por exemplo... Trabalhar dois acontecimentos em um mesmo capítulo (ou episódio, caso seja uma série animada, de qualquer maneira, funciona pra ambas situações). Se formos pegar este capítulo atual e o anterior, podemos perceber que os dois conteúdos possuem a mesma pegada, desenvolve a luta entre Kaneki e Furuta, mas não se preocupa em detalhar outros pontos da obra (deixando a emoção de lado). Geralmente, quando esse tipo de coisa acontece, a leitura termina ficando mais cansativa (espera um pouco Hélder, então você está querendo dizer que o novo capítulo de TGR foi ruim??) Bom, em termos de elementos técnicos, diria que sua performance permaneceu mediana, no entanto, o ponto do qual quero manter um esclarecimento firme é... Por favor sensei, faça um capítulo com variações, fornecendo momentos diferentes à cada página, dois acontecimentos em um mesmo desenrolar, está mais do que suficiente. Ainda sobre o rendimento do capítulo... Caso alguém esteja com esse tipo de pergunta na mente, darei algumas afirmações (caramba Hélder, você falou tudo isso, mas esqueceu que o passado do Furuta também ganhou destaque, e aí??) Olha, o que acontece é o seguinte... Por mais que os argumentos em relação ao passado do personagem, sejam verdadeiros, até certo ponto, nada foi revelado, apenas especulações são permitidas serem feitas, sendo assim, considero tal questão, como algo totalmente descartável, agora... A partir do momento, que o autor se propor a desenvolver sua nova visão, sem precisar ficar entregando pedaços, finalmente poderemos discutir o acontecimento com mais clareza. Vale dizer, que essas afirmações são mais opiniões particulares, não estou julgando todos esses pontos como falhas, é apenas situações que na minha visão, seriam diferentes.

O motivo pra ter explicado tanto (e enrolado), é basicamente, porque num todo, o capítulo não ofereceu grandes saídas técnicas, tratando-se de elementos utilizados, o conteúdo ficou bem abaixo do esperado, apenas entregando o que já vimos (muitas vezes). Mas entre todas essas questões padrões (com certeza muitos devem ter curtido), houve sim, acontecimentos no mínimo intrigantes. Ver em primeira mão, a nova transformação de Kaneki, foi sem dúvidas, um momento único, tudo bem que ele continuou recebendo alguns golpes de seu rival, mas vocês lembram da palavra usada por mim mesmo acima?? (padrão).

Mesmo que nesse capítulo tenha sido revelado poucas informações, sabemos que nos próximos, o desenvolvimento cairá sobre Furuta (e seu passado). Agora, também sabemos que tais informações, foram o bastante para nos deixar ligados, sendo assim, lá vai a primeira... Quem é aquela mulher e crianças com ele?? Seguindo... Furuta tem uma família?? Eles morreram?? Algumas perguntas meio que já respondem (pelo menos no chute, nada oficial). Se fosse pra tentar criar uma teoria, diria que no momento, em que ele respondeu (simplesmente tenho que fazer as coisas do meu jeito... No tempo que tenho, não é??) De fato, sua escolha teria sido viver a vida, até conseguir sua própria família, porém, como seu veterano/pai lhe explicou, a saúde de toda a linhagem não é estável, então, pode ser que seus entes tenham partido sem ele ter achado uma cura (ainda posso colocar alguns argumentos, mas vou deixar pra vocês pensarem... na verdade, a preguiça bateu um pouco), só que num todo, é basicamente isto. Caso tenha deixado algo passar, ou furado em algum ponto, me corrijam nos comentários.

E é isso pessoal, se gostaram da Review e querem ver outras aqui mesmo no Debate, basta conferir nas nossas listas, sendo assim, até a próxima.

Link:http://somangas.net/leitor/tokyo-ghoul-re/174


Hélder Miranda

Hélder Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.