Últimas Notícias
recent

Nanatsu no Taizai Capítulo 281 Review

Por: Hélder Miranda- Parece que a batalha contra o anjo corrompido finalmente está em clima de despedida, no último capítulo lançado de "Nanatsu no Taizai," vimos a nova transformação de King despertar no momento onde parecia não haver mais esperanças, agora o pecado toma pra si, a responsabilidade de lidar com a ameaça sozinho, sem interferências de terceiros. Além do novo modo de combate, o conteúdo também trouxe uma pequena dica, do que pode ser a resolução final daquele que foi responsável por toda a bagunça  (Gowther) e sendo bem sincero, caso tal coisa venha realmente a acontecer, será um desfecho (não tão imprevisível) mas que de uma certa forma, fugirá do clichê habitual (que é a salvação milagrosa). Dito isto, vamos parar de enrolação e começar de vez as análises do capítulo, sem mais delongas então, bora lá.

Desde já, vale dizer que não achei o capítulo ruim, mas também não foi nada muito fora do comum, apenas ok. O problema do conteúdo (que não necessariamente é um problema, isso vai de cada pessoa) acontece justamente por ser algo manjado pra caramba "pow Hélder, mas você não tinha dito que a única forma dos heróis vencerem, seria se Meliodas retornasse ou se King despertasse o seu poder??" Bom, de fato, foi o que destaquei, e como acabou acontecendo, no entanto, uma coisa não tem nada a ver com a outra, primeiro quê... Mesmo concedendo um upgrade para o personagem, o autor com certeza, poderia ter trilhado outros caminhos até chegar na refinação correta (ou pelo menos, na mais apropriada) infelizmente, não foi isso o que aconteceu, num todo, acabamos ficando com uma reviravolta (não ruim) porém, simples e sem inovação (lembram dos dias de glória do sensei?? Aqueles que sempre tinham espaço nas minhas Reviews?? Elogios e mais elogios?? Tais tempos parecem não querer voltar). Ainda sim, é inegável o quão forte King se tornou, a nitidez fica absurdamente óbvia, quando lembramos que Mael possui em seu corpo, o poder de três mandamentos, e isso sem falar das habilidades padrões de um arcanjo (principalmente as dele, que eram tidas como as mais fortes).

Se este não é um fim aceitável para Gowther, então, qual seria?? Ele terá a eternidade com sua amada, safadezas e mais safadezas (foi o que deu a entender naquela página) e por fim... É, acho que já chega. Falando sério... Caso alguém tenha uma outra ideia de final para o personagem, comentem abaixo, particularmente, até que curti o caminho que está sendo construído, e convenhamos pessoal, o autor nunca soube bem, como trabalhar o pecado, as tentativas abordadas sempre foram, vejamos... Água com açúcar.

Antes do adeus de Gowther (especulação) o pecado tentará salvar a vida de Mael (até que essa seria uma boa sacada) deixando o arcanjo livre de suas escolhas malignas e sem volta. Algo interessante que ocorreu neste capítulo, foi a forma de como King teve ciência de vários acontecimentos plantados ali (não que isto explique a sabedoria do mesmo, a respeito da auto destruição do corpo de Mael... Se bem que nem é uma questão tão difícil de decifrar) alguns dos exemplos para está nova habilidade do personagem são... Ter respondido Diane sem a necessidade de tê-la ouvido falar, e escutar a agonia na mente do arcanjo corrompido (ótimo poder para um rei).

E isso pessoal, se gostaram da Review e querem ver outras aqui mesmo no Debate, basta conferir nas nossas listas, sendo assim, até a próxima.

Link:http://cdmnet.com.br/titulos/seven-deadly-sins/manga/ler-online-completo/281





Hélder Miranda

Hélder Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.