Últimas Notícias
recent

Nanatsu no Taizai Capítulo 286 Review

Por: Hélder Miranda- O capítulo anterior de "Nanatsu no Taizai" não poderia ter terminado de maneira melhor. Ao mostrar um pequeno vislumbre do que estava para acontecer, as expectativas em cima deste novo conteúdo trouxe taxas de empolgação consideravelmente altas. Pra quem está meio atrasado e ficou sem tempo de se atualizar, darei alguns pontos básicos. Bom, depois que vimos a volta de Meliodas e Ban para o mundo real (eles ainda não chegaram) o foco da história se voltou em apresentar uma nova batalha de proporções gigantescas (personagens envolvidos no conflito... Zeldris, Cusack Chandler, Merlin, Escanor e Ryudoshel). De início, já posso dizer que em termos de introdução a batalha vem deixando claro que o assunto é resolver as questões e ponto (caso melhore ou piore, só o tempo dirá) mas num todo, o capítulo foi bastante satisfatório. Dito isto, vamos parar de enrolação e começar de vez as análises do conteúdo, sem mais delongas então, bora lá.

São muitos mitos em uma página só... (tirando o Ryudoshel). Logo atrás vocês poderão vislumbrar a imagem dos dois "nada" (não vamos exagerar) presenciando quase que uma miragem (de tão perfeita que é).

Sem muita demora Escanor foi o primeiro a entrar na luta, mas logo na sequência de sua ação, nós já vimos que a balança entre os seis personagens permaneceria incerta (pelo menos, por enquanto). Por mais que no decorrer do capítulo Merlin aborde todo um assunto referente aos poderes e magias, ficou claro que o autor não irá se basear exatamente na utilização de tal elemento (até porque se isso fosse ficar entrando em cena toda hora, a luta em si, não teria a menor graça, entendam também que não necessariamente estou reclamando sobre este padrão estabelecido, só acho que existem momentos apropriados para o uso desse tipo de sacada). E antes que a memória falhe... Meus amigos... Que desvio mitoso/do caramba dos três demônios mais fortes (apenas, venha até mim próxima semana).

Ainda sobre a "solução" de roteiro usada pelo autor... Estou gostando bastante de ver que ele está permitindo tais abordagens diferentes, como é o exemplo da própria luta central deste capítulo (toda a base flui perfeitamente sem grandes interrupções). No entanto, sou obrigado a dizer, que uma pequena parte de mim, torce o nariz sobre o fato dele ter colocado Merlin contra um dos três demônios mais poderosos (não achem que falo isso por acha-la fraca, longe disso) o problema, é que quando penso na volta dos dez mandamentos (bem no início do arco) me vem a memória aquela velha imagem de sua derrota para "Galan" beleza que a maga foi pega de surpresa pelo encanto do mandamento, mas mesmo assim, não deixa de ser algo praticamente jogado ao vento (em outras palavras... Na minha opinião toda essa questão envolvendo a filha daquele que até os demônios anciãos "temem" definitivamente tem um peso negativo na sua construção).

Mesmo achando que Ryudoshel é um verdadeiro filho daquela lá, devo dizer, que o conteúdo desta semana deu uma pequena fisgada ao mostra-lo se preocupando com um simples e mero humano (ou peão, que é como ele curte pensar). Quem sabe o nosso sensei não tenha outros planos para o desenrolar final de sua jornada na obra, sinceramente, nem acho que acabaria sendo (ohh meu deus... Super inesperado) não... Mas, pelo menos traria algo que poucos imaginavam.

Sou o único que está absurdamente animado pra ver este combate entre titãs?? (não galera... Sem referências a Shingeki). Façam suas apostas, pois pela primeira vez veremos o prodígio do clã dos demônios em ação (agora, lutando realmente sério).

Senhores do céu... Que imagem perfeita do caramba. Se os dois mestres já nos colocou sobre um tremendo hype, espero ser surpreendido de todas as maneiras.

E é isso pessoal, se gostaram da Review e querem ver outras aqui mesmo no Debate, basta conferir nas nossas listas, dito isto, até apróxima.

Link:http://cdmnet.com.br/titulos/seven-deadly-sins/manga/ler-online-completo/286


Hélder Miranda

Hélder Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.