Últimas Notícias
recent

Dragon Ball Super: Broly (Crítica com spoilers)


Olá, Nerds!

Finalmente o filme Dragon Ball Super: Broly estreou nos cinemas brasileiros e nesse post vamos analisar o mais novo filme da franquia Dragon Ball, que canonizou um dos personagens  mais  aclamados da franquia, o Saiyajin lendário Broly.



O filme começa apresentado o passado dos Saiyajins mostrando um pouco mais como era a vida raça guerreira, dando foco a historia de Broly que finalmente tivemos a sua origem apresentada de forma canônica. Embora apresentada de forma simples a origem do personagem deu mais profundidade a personalidade de Broly que é melhor estabelecida no decorrer do filme e que funciona muito bem, sendo muito superior ao que tinha sido apresentado nos filmes de Dragon Ball Z.

Também temos a versão canônica de como Goku foi enviado para terra além de ter sido apresentada pela primeira vez em animação a mãe do personagem que se chama Gine. Freeza também tem um pouco mais do seu passado revelado se demonstrando o vilão cruel que já conhecemos de Dragon Ball Z e Dragon Ball Super, mas no decorrer do filme tem alguns momentos que os produtores tentam dar um ar mais cômico ao vilão que não funciona pelo background do personagem.



Embora seja um pouco corrido o primeiro ato do filme funciona muito bem, mesmo que tenha alguns problemas, por exemplo no momento que Freeza vai destruir o "Planeta Vegeta", Bardock o pai de Goku tenta deter a esfera de energia lançada pelo imperador do mal com todo o seu poder (algo que acontece no especial para  TV  de Dragon Ball Z " O Pai de Goku") mas aparentemente ele nesse momento ele estava em combate já que ele aparece com a armadura quebrada e tem guerreiros próximo dele, mas não explica como ele estava naquela situação sendo que aparentemente os Saiyajins no planeta não estão em confronto tanto que quando eles vem a energia gigantesca caindo no planeta eles são pegos de surpresa não sabendo direito o que está acontecendo, alguns podem falar que não foi mostrado porque no especial de TV mostra que ele estava indo deter Freeza de destruir o planeta, mas não podemos considerar isso já que os acontecimentos daquele filme envolvendo Bardock são diferentes dos apresentados nesse, então não tem como considerar aquele mesmo contexto, logo essa parte ficou vaga e corrida mas mesmo assim a cena é muito boa, embora eu gostaria de ter visto mais cenas do Bardock no filme.


O segundo ato do filme se passa no presente e acompanhamos Goku e Vegeta treinando na terra que vive um momento de paz, junto com eles estão Bulma, Whis e Beerus. Nesse momento eles são surpreendidos por um aviso de Trunks de que a esferas e o radar do dragão são roubados pelos capangas de Freeza. Eles vão ao continente ártico atras deles sendo que lá está a ultima esfera do dragão, enquanto isso dois soldados de Freeza  encontram Broly e seu pai Paragus que estão presos em planeta inóspito chamado Vampa, eles são levados até Freeza e são recrutados pelo mesmo. Nesse momento temos mais detalhes da historia de Broly que aprofunda mais personagem e novamente funciona muito bem principalmente para o terceiro ato que é a parte das lutas que é sensacional sem duvida a  melhor parte do filme.


Antes de falar do terceiro ato, temos que ressaltar a qualidade da animação e da trilha sonora dos combates, é simplesmente sensacional uma das melhores de toda a franquia Dragon Ball sem dúvida alguma. O primeiro embate é entre Vegeta e Broly, o príncipe dos Saiyajins começa em vantagem mesmo em sua forma base pelo fato de Broly embora poderoso não está acostumado a combates ( maioria dos seus treinos eram contra feras do planeta Vampa)  mas muito rapidamente ele vai se adaptando a situação forçando Vegeta a se transformar em Super Saiyajin e posteriormente Super Saiyajin Deus (é a primeira vez que Vegeta usa essa transformação em uma animação), porém isso ajuda Broly a evoluir cada vez mais atingindo a o seu estado de fúria na qual ele atingi o poder como se estivesse na forma  de Oozaru, porém sem se transformar em um macaco gigante, o que faz Vegeta ficar em desvantagem, mas Goku interrompe a luta dos dois e assume o lugar de Vegeta no combate contra o Saiyajin enlouquecido.

Nessa parte quero ressaltar uma sacada muito boa que filme teve pára aumentar o poder de luta do Broly, já que como ele não teve oportunidade de ter os treinos que Goku e Vegeta tiveram para chegar ao nível que estão atualmente, eles aproveitaram o poder descomunal que Broly já possui além dos traços da raca guerreira que é a a transformação em Oozaru, embora ele utiliza algo que era inédito na franquia até então isso pode ser justificado pelo fato do Planeta Vampa ter a lua aparecendo constantemente isso não é informado mas podemos presumir (se não for constante pelo menos ele deve aparecer com muita frequência) uma situação incomum para um Saiyajin e pela grande capacidade de Broly se adaptar  é justificável ele ter adquirido essa habilidade devido aos anos que ele viveu no planeta. Vale lembrar que na forma de fúria, Broly tem seu poder aumentado 10 vezes.


Goku começa o combate em sua forma base (que de certa forma é forçado pela questão que o nível de Broly  naquele momento se demonstrou superior ao Super Saiyajin Deus), mas entendo que o objetivo era explorar as transformações de Goku durante o combate da mesma forma que foi feito com Vegeta, mas na primeira luta fez sentido mas no combate de Goku não, mas a luta ficou muito boa isso é inegável. Outra coisa que deve ser ressaltada é  uma cena especifica na qual Goku é golpeado por Broly da mesma forma que acontece no combate dele com Kale em Dragon Ball Super ( referência a cena clássica Hulk contra Loki)



Goku suporta golpes que podem destruir planetas, mas ao ser batido no chão ele sofre dano não faz sentido e isso é demonstrado na própria obra, mais recentemente em Dragon Ball Super, Goku quebrou a arena do poder com o corpo e a arena é feita do minério até então mais resistente do universo Dragon Ball e não sofria dano e no gelo ele sofre ? foi incoerente essa parte mas não estrega a luta de forma alguma.

Depois Goku acaba se transformando em Super Saiyajin Blue e mesmo que não estivesse muito superior ele tem vantagem sobre Broly, o que nos leva a uma grande sacada do filme para justificar como Broly  consegue a transformação do Super Saiyajin, pois Freeza percebendo que Broly pode ser capaz de evoluir e lembrando da luta que ele teve com Goku quando ele matou o Kuririn que fez Goku despertar o poder do Super Saiyajin, ele mata Paragus e seu plano funciona e Broly se transforma em SSJ que obriga Goku e Vegeta se unirem em suas formas de SSJ Blue mas mesmo assim são incapazes de fazer frente ao Saiyajin furioso.


Chega o momento que Goku se transporta com Vegeta para onde Piccolo está para realizarem a fusão já que é o ultimo recurso que eles tem nessa situação, enquanto isso Freeza fica apanhando de Broly (que devido a estar ensandecido ataca qualquer um que aparece na sua frente). A parte  que eles realizam a dança da fusão  além de fazer referencia aos filmes antigos  é muito engraçada  e claro temo o surgimento finalmente de foma canônica de Gogeta o qual é apresentado pela primeira vez em sua forma base e depois Super Saiyajin e Super Saiyajin Blue.


Antes de falarmos da luta épica entre Gogeta e Broly, quero fazer um breve comentário sobre a parte que Broly ataca Whis que se desvia facilmente dos seus ataques até então o Saiyajin já tinha demostrado o quão absurdamente  poderoso ele era, mas mesmo assim não consegue incomodar Whis nem um pouco isso só reforça o quão poderoso os anjos são. Mas voltando a luta entre os Saiyajins  o combate é sensacional Gogeta se demonstra muito poderoso mas Broly evolui ainda mais o que obriga Gogeta a se transformar em Super Saiyajin Blue o confronto é tão intenso que eles quebram a realidade o que proporciona uma das cenas mais bonitas de combate de toda a franquia, mas  mesmo Broly não consegue fazer frente ao poder de Gogeta que é esmagador e antes de receber o golpe final graças aos companheiros  que fez na nave de Freeza (os mesmos que resgataram no planeta Vampa) ele é salvo sendo transportado para o planeta o qual ele vivia.


No final temos um gancho que pode significar que futuramente Broly pode se tornar um guerreiro Z, já que 3 dias após o combate Goku se teletransporta para o planeta Vampa e leva algumas coisa para Broly e conhece os seus companheiros que agora estão com ele no planeta e Goku diz que vai voltar lá de vez em quando para treinar com Broly que de certa forma se simpatiza com Goku e com isso temos a conclusão do filme.



Dragon Ball Super: Broly foi uma agradável surpresa depois dos medianos "A Batalha dos Deuses"
 e " O Renascimento de F" o filme mesmo que de forma simples traz uma historia interessante e introduz muito bem o "novo " personagem a franquia, além de proporcionar batalhas ao estilo Dragon Ball que todo fã adora e deixa ganchos para uma possível continuação seja no retorno do anime ou em um futuro filme.

Antes de encerrar não posso deixar de comentar da dublagem brasileira que foi excelente, parabéns aos dubladores que mais uma vez realizaram um trabalho sensacional.

Então não percam tempo e vão ao cinema mais próximo, caso ainda não tenham assistido esse filme incrível.


Iran Tomas Neto

Iran Tomas Neto

Jamais caia, roube, engane ou beba... Se for cair, que seje nos braços de seu amor; Se for roubar, roube boas amizades; Se for enganar,engane a morte; E se for beber, beba nos momentos de tirar o seu folêgo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.